( ͡° ͜ʖ ͡°)?

Inicialmente, quem lê apenas as iniciais do game, poderá pensar que certamente se trata de outro tipo de “jogo”. Isso porque os que são mais ligados em assuntos, digamos… mais ( ͡° ͜ʖ ͡°), podem entender que o termo BDSM seja o que é mundialmente conhecido como o acrônimo que define fetiches sexuais bem peculiares, envolvendo conceitos de escravidão, disciplina, dominação, submissão e sadomasoquismo.

O game

Contudo, o termo significa Big Drunk Satanic Massacre (ou “Grande massacre satânico bêbado” em tradução livre. Passada a pegadinha, vale começar dizendo que o game é um RPG satírico criado pela Big Way Games, e sem dúvida alguma fora do comum, sendo basicamente um jogo de tiro com fortes elementos de RPG.

O jogo em si se passa no Inferno onde a personagem principal, Lou, tem que encontrar bebidas e resgatar a Amante mais gata das garras de um palhaço gordo. O jogo consiste em quatro níveis/capítulos representando diferentes áreas do Inferno, como o infernal café fast-food Big Wack, a Favela dos Esqueletos e a Vila Mimosa.

A ideia por detrás de cada nível é matar chefes específicos. Cada chefe representa uma luta única com múltiplos estágios e é bastante desafiadora.

A história

Lou, que é o filho do Satã, é um personagem que lembra em certos pontos Lobo, personagem da DC, com sua ironia estampada e seu jeito de agir. Sua missão é acabar com o pior que existe no inferno, que são os humanos que tomaram conta do lugar.

Visual

O visual de BDSM: Big Drunk Satanic Massacre, lembra o clássico Diablo, pela visão superior que temos do game, mas em vez de espada, usamos armas para matar e destruir tudo o que aparecer pela frente.

Em seu estilo RPG, Lou deverá conversar com outros demônios e tomar decisões, que mesmo que sejam em modo “zoeira”, poderão fazer com que seu jogo termine em poucos minutos ou continuar uma aventura mais demorada.

Ainda no visual, mesmo que o game tenha uma aparência simples, ele é bem acabado, com uma boa dinâmica e comandos precisos.

Teste

A versão que recebemos da empresa, foi para PC, e sua instalação foi rápida. O game não apresentou nenhum gargalo durante a gameplay, assim como os diálogos, que são todos em inglês, mas com legendas, é completamente entendível. Algo que muitas vezes só conseguimos compreender se utilizarmos um fone.

BDSM: Big Drunk Satanic Massacre já foi lançado no dia 10 de outubro, para PlayStation 4, Nintendo Switch e PC, sendo recomendado para maiores de 18 anos, por conter violência, linguagem imprópria, luxúria e todos os 7 pecados capitais. Confira o trailer do jogo: