Despejo confisco
Tudo sobre o dia D.

No último dia 28 de julho, os fãs da banda Charlie Brown Jr. foram sacudidos por uma excelente notícia: o hit Confisco foi anunciado como parte da trilha sonora do remake dos jogos Tony Hawk’s Pro Skater 1 e 2. E embora os fãs estivessem esperando o próprio Chorão como um personagem no game, o feito sonoro também foi muito comemorado nas redes sociais.

A boa surpresa também pegou em cheio Marcão Britto, guitarrista do Charlie Brown Jr. Em conversa com o Observatório de Games através de uma entrevista feita em pareceria com o Pseudo Canal, Marcão comentou juntamente com o produtor Paulo Anhaia, vários pontos positivos sobre essa conquista e também algumas curiosidades em torno da própria música que vai representar a banda no game.

Durante o papo, Marcão comentou juntamente com o produtor Paulo Anhaia alguns aspectos técnicos de como foi gravar o hit 22 anos atrás. Contudo, uma das partes altas foi justamente confirmar algo que os fãs mais chegados já sabem: a história real de Confisco.

De acordo com Marcão, a letra é inspirada em um trágico dia de despejo vivido pelo próprio Chorão. O guitarrista, que inclusive era seu vizinho na época, acabou presenciando tudo.

Nesse dia, Marcão estava coincidentemente indo até a casa do amigo vocalista mostrar algumas ideias de solo de guitarra, quando escutou muito barulho vindo de dentro do apartamento de Chorão. Mesmo exitante, Marcão resolveu tocar a campainha. E assim que a porta se abriu, o caos dentro da casa sendo desmontada aos solavancos não deixava dúvidas: era o fatídico dia D. Ao perguntar se estava tudo bem, Marcão acabou ouvindo um desabafo que pode ser conferido no vídeo ao final da matéria.

Contudo, Marcão relembra que tirar música de situações difíceis de sua vida era uma habilidade e tanto de Chorão. “O louco é que o Chorão era um cara que conseguiu às vezes se inspirar, pegar uma história dessa, uma história que deixaria qualquer um de cabelo em pé, né, meu irmão…. um momento difícil ali da vida do cara e transformar isso em música.

Confira abaixo o bate-papo completo com outras histórias curiosas, como as “30 guitarras” pra gravar Confisco, a fama do grupo na Califórnia, a comparação com Saudosa Maloca, o encontro com o próprio Tony Hawk e mais:

Leia também: