Publicidade
Ciência

Memória: Uma habilidade que pode ser potencializada

A sociedade atual afetou a capacidade de memorização humana, mas algumas práticas simples podem ajudar a exercitar sua memóri
Gostou? Compartilhe!
Memória
(Imagem: Reprodução)
Publicidade

Poucas habilidades cerebrais foram tão importantes para a evolução e sobrevivência da espécie humana como a memória, a capacidade de adquirir, armazenar e resgatar lembranças é uma função essencial para nosso dia a dia, no entanto, a sociedade atual têm contribuído com a sua fragilização.

Há algum tempo atrás era preciso guardar na memória números de telefone, endereços, se lembrar de compromissos e de falas exatas, mas com o desenvolvimento tecnológico, o surgimento de lembretes eletrônicos, notas, gravadores e reprodutores de vídeo e áudio, dentre outros, a memória biológico tornou-se cada vez menos utilizada, o que causou seu enfraquecimento.

O estilo de vida pós-moderno não contribui para estimular nossa cognição e nossa memorização, por isso, precisamos recorrer a algumas técnicas para exercitar e fortalecer essa habilidade tão importante, mas nem todos sabem como usá-las.

Continua depois da Publicidade

Por isso, escrevi o estudo “Técnicas para memorização – Sobre as células de engramas”, que foi publicado pela Revista Multidisciplinar de Ciência Latina, onde explico mais sobre o funcionamento da memória e através da análise de todos os seus componentes consegui identificar diversas técnicas estimulantes para sua memória, conheça as principais.

  • Escrever ou digitar sobre o assunto que quer memorizar
  • Repetição
  • Ter uma rotina de estudos
  • Elaborar esquemas, resumos, mapas mentais e fazer brainstorm (chuva de ideias)
  • Ensinar terceiros ou a si mesmo em frente ao espelho
  • Grave e ouça depois
  • Crie uma música ou mnemônicos para tornar a memorização mais divertida

É importante lembrar que nem a melhor estratégia do mundo poderá otimizar sua memorização se seu cérebro não estiver saudável, por isso, invista em uma alimentação de qualidade, prática regular de exercícios físicos, leitura e boas noites de sono são ótimas ferramentas para melhorar seu funcionamento cerebral.

Então, nada está perdido, a neuroplasticidade é uma função extraordinária do nosso cérebro que nos permite alterar o seu funcionamento através dos estímulos corretos, por isso, se quer maximizar sua capacidade de memorização, siga essas dicas.

Sobre o Prof. Dr. Fabiano de Abreu

Dr. Fabiano de Abreu Agrela, é um PhD em neurociências, mestre em psicologia, licenciado em biologia e história; também tecnólogo em antropologia com várias formações nacionais e internacionais em neurociências. É diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito (CPAH), Cientista no Hospital Universitário Martin Dockweiler, Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, Membro ativo da Redilat – La Red de Investigadores Latino-americanos, do comitê científico da Ciência Latina, da Society for Neuroscience, maior sociedade de neurociências do mundo nos Estados Unidos e professor nas universidades; de medicina da UDABOL na Bolívia, Escuela Europea de Negócios na Espanha, FABIC do Brasil, investigador cientista na Universidad Santander de México e membro-sócio da APBE – Associação Portuguesa de Biologia Evolutiva.

CONTEÚDO RELACIONADO