Equipe de ‘CoD Warzone’ protesta contra demissões em massa

Parte do time de qualidade da Raven Software foi dispensado na última sexta (3)

Publicado em 07/12/2021 12:35
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ambiente da Activision Blizzard continua gerando polêmicas. Após denúncias de assédio e abuso, a empresa recebeu protesto de seus funcionários nesta última segunda (3) por uma série de demissões.

A ação de corte no quadro de empregados foi feita na última sexta (3) dentro da Raven Software, estúdio braço da Blizzard, conhecido atualmente por seu trabalho em ‘Call of Duty: Warzone’. Os desenvolvedores e membros da equipe de QA (“Quality Assurance”, ou “Controle de Qualidade” em português) foram os mais atingidos. O trabalho do time de QA é testar os produtos a serem lançados para garantir uma experiência com o menor número de erros possível.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o gerente de comunidade da Raven, Austin O’Brien, a empresa prometeu por diversas vezes melhorar os salários e condições de trabalho dos empregados nos últimos meses, antes de as demissões ocorrerem. “E hoje, um por um, membros valiosos da equipe foram chamados para reuniões e notificados de que seriam demitidos.”, completou pelo Twitter.

Nas sessões de comentários do mesmo post, O’Brien se mostra realmente indignado com a situação e solta até palavrões. Os fãs também interagiram na postagem, se mostrando solidários às reclamações dele e torcendo para que ele não seja demitido também após esse desabafo.

O grupo ‘ABetterABK’ ou ‘ABK Workers Alliance’, formado por funcionários da Activision Blizzard, que defende melhores condições de trabalho na empresa, apoiou e divulgou o protesto também em suas redes sociais oficiais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar