Tem penetra nessa “festa”: Facção criminosa utiliza party da PSN para comunicação

Polícia Federal revela ter encontrado cadastro de membros do PCC na plataforma

Publicado em 20/10/2021 09:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A comunicação através das ‘partys’ da Playstation Network parece ter deixado de vez de ser somente para gamers. A Polícia Federal revelou que os integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma das maiores organizações criminosas da América Latina, se utilizavam da PSN para comunicação.

Segundo matéria do Estadão, a PF descobriu que os membros da organização criaram cadastros na plataforma da Playstation, após desconfiarem de aplicativos mais tradicionais de mensagens como ‘Whatsapp’, e passaram a utilizá-la para reuniões. Através dos chats de voz e texto, os integrantes conversavam para mapear as próximas atividades do grupo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A comunicação aparentemente acontecia através de vários consoles de Playstation 4. Como não é necessário abrir um jogo para utilizar a “party”, a conversa ocorria como se fosse no telefone. Os integrantes da facção podiam criar uma sala nova a cada vez, utilizar nicknames e se comunicar normalmente.

“O que as redes sociais haviam embaralhado e subtraído da polícia na década passada — por meio da oferta de comunicação criptografada — os videogames ampliaram.”, declarou a Polícia Federal ao veículo.

A PF não confirmou se ações já foram tomadas junto à Sony no Brasil para bloquear as contas dos membros do PCC. De acordo com a reportagem, a iniciativa fazia parte de uma série de novas abordagens da organização, que incluía também utilizar criptomoedas, as famosas bitcoins, para pagar parte das suas ações.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar