Publicidade
TBT

TBT: Relembre esses jogos de terror que marcaram época

Confira alguns jogos de terror que marcaram época
Gostou? Compartilhe!
TBT Jogos de Terror
Jogos de Terror
Publicidade

Outubro, mês do dia das bruxas, ou pra outros o Dia do Saci. Todo dia 31 de Outubro algumas pessoas sempre acabam aproveitando pra consumirem alguma obra de terror ou sobrenatural. E atualmente, a indústria de jogos se aproveita dessa temática, desde jogos indies até super produções por empresas famosas como a Capcom com a franquia Resident Evil.

Mas e no começo das coisas? O Que dava medo? Vamos aproveitar esse período de Halloween para relembrarmos como que foi o inicio desse tipo de produção, com jogos que acabaram definindo o gênero do terror desde o Atari até o SNES. Pegando logo alguns títulos que hoje em dia podem não ser conhecidos pelos jogadores atuais mas que para os mais antigos são bem lembrados.

Halloween (Atari 2600, 1983, Wizard Video)

Lançado em Outubro de 1983 pela Wizard Video, Halloween ou conhecido no Brasil como Sexta-Feira-13. Pode se dizer que foi um dos pioneiros dos jogos de terror, bem antes desse estilo se formar no mercado. O jogo, que busca o mesmo enredo do filme ao qual recebeu seu nome, possui um objetivo bem simples: Sobreviver!

Continua depois da Publicidade

Nele você está na pele de Laurie e seu objetivo é escapar de Michael Myers e proteger as crianças Tommy e Lindsay. Todo o jogo se passa em uma casa de dois andares, aonde a personagem principal estaria trabalhando como babá. Cada tela percorrida pelo jogador representaria um cômodo da casa, e no fim de cada extremo da tela, temos os cômodos seguros.

Além de desviar do “degolador” que foi o nome dado pelo manual do jogo pela Dactar, empresa que distribuiu o jogo aqui no Brasil, você deve “carregar” as crianças para cômodos da seguros da casa e assim ganhar pontos.
Contando com a música do tema do filme, que somente tocava quando o assassino estava em tela, o jogo possuía graus de dificuldades, além de salas onde as luzes piscavam. Um detalhe interessante é que suas vidas são contatas como aboboras de Halloween.
Além dessa jogabilidade, era possível esfaquear o assassino com facas encontradas aleatoriamente pela casa e assim obter pontos também e escapar dele. Apesar de uma ótima jogabilidade e de ter rendido muitas mecânicas para um gênero não formado na época, o jogo não teve uma boa recepção.

Isso foi devido a sua violência, algo que não era interessante para os pais na época, verem seus filhos assistir ao seu personagem decapitado, resultando assim em um jogo hoje me dia considerado raro de se obter uma copia física.

SPLATTERHOUSE (Arcade, 1988, Namco)

Em meio a época de que denominou os filmes de terror que hoje conhecemos como clássicos, tivemos Splatterhouse que mesclou um estilo de jogo já conhecido, que são os beat them ups a uma temática medonha.

Lançado pela Namco em 1988 inicialmente para fliperamas, Splatterhouse tem uma mistura de tudo que se possa dizer em termo de filmes de terror, em um beat’em up incrivelmente macabro com cenários cheios de sangue, coisas macabras, pedaços de corpos etc.

Na pele de Rick, um parapsicólogo que junto a sua namorada Jennifer, resolvem visitar a mansão de um renomado cientista chamado Dr. West, a West Mansion, que segundo lendas, era cenário de experiências macabras e duvidosas, levando até mesmo ao sumiço do próprio cientista.

Ao entrar na mansão, Rick é atingido por algo e em meio seu devaneio escuta os gritos de Jennifer sendo levada, antes de apagar de vez. Durante seu momento de quase-morto, uma mascará cai sobre seu rosto, trazendo uma força incrível.
Sua gameplay é a clássica de um beat them up. Soco, chute, rasteira, pule, esmague, faça tudo que estiver ao alcance com o que vir a sua frente, desde Zumbis, demônios, animais mutantes, esqueletos,. O jogo também conta com as mais variadas armas , desde de canos enferrujados, até claro uma motosserra.

O jogo foi teve uma recepção totalmente positiva, principalmente pelo fato de não existir muitos jogos com a temática gore na época. Tendo duas sequencias e muitos ports, inclusive remakes para geração atual.

Splatterhouse pode ser dizer um ótimo pioneiro dos jogos de terror, mesmo que não sendo o estilo de jogo de terror que conhecemos hoje, seu gore se consagrou no mundo do Terror definitivamente. Mas nos dias de hoje pela nova geração de jogadores o título não é tão conhecido.

SWEET HOME (NES, 1989, Capcom)

Assim como Halloween, Sweet Home foi também inspirado em um filme de terror do mesmo nome. O Jogo teve participação direta do diretor do filme durante a produção. Sweet Home mistura elementos de terror com RPG.

Nele controlamos 5 personagens que entram em uma mansão para encontrar pinturas do artista Mamiya Ichiro. O Jogo ele não segue os eventos do filme, sofrendo alterações em partes do enredo. Os personagens se dividem em times para irem explorando a mansão, podendo ir mudando entre as equipes, além disso cada personagem carrega um item diferente.
Os combates seguem o estilo de um RPG clássico, acontecendo aleatoriamente durante a exploração do mapa, e durante as lutas temos os comandos para enfrentarmos os inimigos. E caso um personagem acabe morrendo durante um confronto, sua morte será permanente.

Sweet Home possui múltiplos finais dependendo de quem sobrevive durante a sua jogatina.
O Jogo futuramente acabou servindo de base para a criação do primeiro jogo da série Resident Evil para o PS1

Alone In The Dark (MS-DOS, 3DO, Mac OS, PC-98, FM Towns, 1992, Infogames)

Alone In The Dark pode ser considerado o “pai” do gênero Survival Horror 3D, trazendo elementos que foram muito usados em jogo, insclusie na franquia Resident Evil, como a camera fixa, controle tank e
a exploração em algum lugar abandonado que vimos anteriormente em Sweet Home.

Nós controlamos Edward Carnby e Emily Hartwood dentro de uma mansão Derceto, antigo lar de Jeremy Hartwood a qual era um artista notável, mas que acabou cometendo suicído. Porém a mansão ela é mal assombrada por algum poder maligno.

Edward está em busca de um piano que supostamente está no sótão da mansão e Emily, a sobrinha do artista também está interessada no objeto e foi até o local. E assim como Resident Evil nós podemos interagir com o cenário para encontrarmos itens que irão ajudar na exploração do local.

Alone In The Dark futuramente ganhou várias sequências, remakes e até mesmo reboots para outras plataformas. E no ano de 2024 teremos o remake do jogo sendo lançado para as atuais plataformas. Além disso existe um porte para Steam do jogo.

Clock Tower (SNES, PC, Wonderswan, PS1, 1995, Human Entertainment )

Clock Tower é um dos jogos que definiram o estilo de jogo de terror mais popular atualmente, o survivor horror. Sendo lançado originalmente pra SNES em 1995, sua mecânica é focada na exploração com point and click com elementos de terror.

A história do jogo se desenrola na protagonista Jennifer, que precisa reencontrar suas amigas dentro de uma mansão da familia Barrows, porém você encontra um perseguidor chamado “Bobby”, uma figura que usa uma tesoura gigante como arma para te atacar.

Como dito no inicio, por ser um survivor horror, você só consegue fugir e se esconder dele, não existindo nenhuma possibilidade de defesa ou ataque e s caso ele te pegue é
morte na certa.

Clock Tower possui 9 finais no total, e cada vez que você zera algumas coisas mudam de lugar ou certos acontecimentos acabarem mudando. Apesar de ter sido anunciado um remake do titulo para as plataformas atuais pela WayForward , Clock Tower nos dias de hoje não é um titulo muito falado dentre os jogadores, mas entre as pessoas mais velhas e entusiastas do gênero é um título marcante.

Lembrando que esses são apenas alguns jogos que podem ser considerados importantes para a base dos jogos de terror, nesse tempo outros títulos foram lançados também que tiveram algum tipo de influência no gênero tanto para consoles ou até mesmo para computadores.

Além disso alguns deles acabaram servindo de base para o jogo que iria definir uma nova era para o gênero, que foi o primeiro Resident Evil para PS1, a partir dai vários outros jogos foram lançados usando ou não a base dele.

CONTEÚDO RELACIONADO