Zebras tomam conta da retomada do Brasileirão de Rainbow Six

Times brasileiros mostram equilíbrio que faz o torneio nacional ser o melhor do mundo

Brasileirão de Rainbow Six
Publicidade

Depois do título da Team One no Major de agosto, os fãs de Rainbow Six Siege estavam ansiosos para o retorno do brasileirão, em sua terceira fase. O domínio do Brasil no cenário profissional do game ficou ainda mais explícito no primeiro fim de semana da volta do campeonato, já que os campeões mundiais protagonizaram uma das diversas zebras entre os jogos.

O primeiro confronto, no último sábado (12), colocou frente a frente a campeã e a vice-campeã do Six Invitational desse ano, maior torneio da modalidade. A Team Liquid, que trocou parte de sua ‘line’ no início de agosto, derrotou a NIP por 8×7. Ask vindo dos Golden Kids da Série B e Resets contratado da Black Dragons já mostraram bom entrosamento com Nesk, Paluuh e PSK, após chegarem ao time para substituírem Muringa e SexyCake.

A citada equipe da Team One sofreu no primeiro dia para ganhar do lanterna W7M por 8×7 também, placar que rende apenas 2 pontos para o vencedor ao invés de 3; o perdedor leva um ponto para casa. Já no domingo, a T1 foi derrotada de forma acachapante pela Furia, por 7×3.

Continua depois da publicidade

A NIP também sofreu derrota no domingo para um dos piores times do campeonato até então, o Santos por 7×5. Os Ninjas In Pyjamas não tem apresentado nos últimos meses o mesmo nível de gameplay que mostraram no Six Invitational. Para fechar, vale citar ainda a vitória do Santos sobre a Faze Clan no sábado, outra zebra.

Liquid, Faze e NIP seguem na liderança do torneio, mas veem agora as outras equipes chegarem perto. A Furia por exemplo encosta nos ninjas, e tem um jogo a menos até o fechamento desse texto (12 de setembro). Esse cenário só mostra como o campeonato brasileiro é sem dúvida o melhor do mundo.

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade