mulheres no controle
Mulheres no controle. Imagem: Evanto.com

De acordo com dados recentemente divulgados pela Pesquisa Games Brasil 2019, as mulheres acabam de tomar o player 1. Cerca de 53% do público gamer no país é formado por mulheres. Os dados foram angariados pela Sioux Group, Blend e ESPM.

O relatório aponta que cerca de 37,7% dos gamers brasileiros têm entre 25 e 54 anos de idade, contrariando assim o senso comum de que todos os jogadores são adolescentes. Tendo como principal plataforma de uso os smartphones (83,5%), os consoles ficaram em segundo, com 48,5%. Logo após vem os notebooks com 42,6%, seguido por computadores de mesa (42,4%) e tablets (19,6%).

Ainda de acordo com a pesquisa, o público feminino tem uma preferência por PCs e videogames, mas dominam o consumo de jogos nos smartphones. Esse segmento denominado “Gamer Casual” costuma jogar até três vezes por semana em sessões de até 3 horas, onde 4 a cada 10 dessas jogadoras admitem que games são sua forma preferida de entretenimento e preferem baixar jogos gratuitos.

Para Anna Rytta, apresentadora do UP EXPO GAMES, a maior feira do segmento na região Centro Oeste, vários fatores geeks tem contribuído para gerar esse interesse nas mulheres.

“O que vemos é que nós mulheres estamos cada vez mais ganhando espaços nos esportes onde antes predominavam somente os homens. Vimos agora recentemente no futebol, com a copa da seleção feminina, e o cenário de paixão e torcida não está sendo diferente nos e-sports!

O público feminino vem se encantando cada vez mais com esse universo virtual e andam mandando muito bem”, pontua Anna, que desde 2018 compõe a organização do evento que terá sua segunda edição em Goiânia nos dias 6 e 7 de julho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer.