F1
Imagem: FIA

Mesmo com os grandes eventos de eSports sendo cancelados fisicamente, muitos ainda continuam acontecendo de maneira virtual. Contudo, os esportes tradicionais como futebol e o automobilismo sofrem com as consequências deste cancelamento e adiamentos. Mas parece que os organizadores do circo da Fórmula 1 conseguiram uma ótima ultrapassagem para essa crise, pelo menos por enquanto.

Em uma medida inédita, vários pilotos oficiais da F1 irão participar de uma série de corridas virtuais de eSports neste ano, para compensar o adiamento das etapas mundiais de corrida. Em outras palavras, pilotos oficiais assumirão seus próprios papéis para disputar corridas feitas no videogame.

Assim, as corridas, contarão com as atuais estrelas da competição e também com convidados especiais, e devem ocorrer nos mesmos dias em que o GPs adiados deveriam acontecer.

A primeira corrida já tem data marcada. Será o GP Virtual do Bahrein que acontece hoje (22), às 17h (horário de Brasília). As provas estão planejadas para acontecer até o final de maio. Os Grande Prêmios de eSports serão transmitidos no canal oficial da F1 através do YouTube, Twitch e Facebook.

Como acontecem?

As corridas serão rodadas na versão para PC do game oficial da F1 2019, e a primeira corrida terá uma distância de 50% em relação ao que se disputa de forma real no circuito barenita de Sakhir. Devido aos níveis variados de habilidades entre jogadores regulares e pilotos de F1, haverá configurações fixas e desempenho iguais aos dos carros.

Além disso, os danos aos carros serão reduzidos. Outras configurações como freios antibloqueio e controle de tração também serão uma opção para quem desejar. Para aquelas novas pistas que não fizeram parte da F1 em 2019, como os novos GPs do Vietnã e Zandvoort, terão locais alternativos para as corridas.

E se a moda pega?

Agora, resta conferir e saber se a partir de agora teremos pilotos migrando futuramente para a categoria de eSports. E se a “moda” pegar, podemos até ver outros esportes tomando o mesmo rumo. Quem sabe você não consiga dar aquele baile no Cristiano Ronaldo?