Call of Duty revela novo plano para reprimir racismo

Publicado em 4/6/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A desenvolvedora de Call of Duty, Infinity Ward, anunciou um novo plano para reprimir conteúdos racista de seus usuários em Call of Duty: Modern Warfare, Warzone e em todos os seus jogos futuros.

Segundo a empresa, os funcionários vem trabalhando na erradicação de conteúdo racista em seus jogos, mas sabe que precisa fazer mais. A nova iniciativa foi compartilhada no Twitter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não há lugar para conteúdo racista em nossos jogos”, informa a publicação. “Estamos nos esforçando e precisamos fazer um trabalho melhor. Estamos emitindo milhares de proibições diárias de nomes racistas e orientados para o ódio. Mas sabemos que precisamos fazer mais e estamos”, continuou a empresa.

A Infinity Ward revela que está adicionando recursos novos para monitorar e identificar conteúdos racistas de seus usuários. Um complemento disso, será a adição de novos sistemas de relatórios, que contribuirá para que mais pessoas sejam banidas.

Call of Duty: Modern Warfare e Warzone estão disponíveis para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio