Fortnite
Imagem/Montagem: Epic Games

Perto da noite dessa quinta-feira(13) foi protocolado pela Epic Games um documento judicial processando a Apple por conduta anti-consumidora, após a empresa remover Fortnite de sua App Store. A Epic havia prometido que liberaria um vídeo de resposta a atitude da empresa. Dito e feito.

No vídeo que leva pouco menos de um minuto, a empresa destaca que foi uma espécie de retaliação o posicionamento da Apple, após o retorno 30% para a empresa que leva uma maçã como logo ter sido negado.

Em 1984 a Apple lançou o Macintosh, e para a divulgação, utilizou citações de George Orwell para denunciar o monopólio da IBM. Agora em 2020, a desenvolvedora de Fortnite, por sua vez utilizou o mesmo vídeo como resposta as ações da empresa.

Sinopse do trailer a seguir:

A Epic Games desafiou o monopólio da App Store. Em retaliação, a Apple está bloqueando o Fortnite em um bilhão de dispositivos. Visite fn.gg/freefortnite e lute com a gente para que 2020 não vire “1984”“, diz a sinopse do vídeo.

Para os fãs que jogam o game no iOS, ele ainda está disponível, no entanto faltam cerca de duas semanas será o fim da terceira temporada. Se a situação não mudar até lá, o jogo ficará indisponível para a plataforma na mudança de temporada. Para saber mais detalhes clique aqui.

Leia também: