Fortnite x Apple
Novela de qualidade mexicana (Imagem: Reprodução)

Nesta segunda-feira (25), a Epic Games e a Apple se encontraram pela primeira vez no tribunal, para discutir as duas questão mais urgentes de sua briga judicial.

A juíza distrital dos EUA, Yvonne Gonzalez Rogers, decidiu que, de momento, a Apple não precisa recolocar Fortnite de volta na App Store. Já a Epic Games, obteve uma vitoria temporária contra a empresa da maçã, em bloquear o acesso do Unreal Engine para outros aplicativos. Vamos dizer que o caso está 1×1, com a desenvolvedora do battle royale perto do próximo gol.

Os tópico debatidos no tribunal tiveram resultados diferentes para as duas partes. Além de afetar a Epic Games e a Apple, a decisão chega até as empresas que utilizam o Unreal Engine para trabalhar em seus aplicativos e até mesmo nos jogadores móveis de Fortnite, com uma nova temporada prestes a ser lançada.

“A Epic Games move este tribunal para permitir que ele acesse a plataforma da Apple gratuitamente enquanto ganha dinheiro em cada compra feita na mesma plataforma”, dizem os documentos judiciais. “Embora o Tribunal preveja que os especialistas opinarão que os 30 por cento da Apple são anticompetitivos, o Tribunal duvida que um especialista sugira uma alternativa de zero por cento. Nem mesmo a Epic Games distribui seus produtos de graça”, complementa.

“A Epic Games e a Apple têm a liberdade de litigar uma contra a outra, mas sua disputa não deve causar estragos aos espectadores”, continua o documento. “Certamente, durante o período de uma ordem de restrição temporária, o status quo a esse respeito deve ser mantido”, informa.

Já sobre o recurso Unreal Engine, a juíza considera que restringir o mecanismo na App Store para outros criadores, há a chance de “Danos potenciais significativos para a própria plataforma Unreal Engine e para a indústria de jogos em geral, incluindo desenvolvedores e jogadores de terceiros”.

A novela apenas começou, e nas próximas semanas novos desdobramentos devem chegar ao público. A Epic Games está aproveitando o momento para satirizar a Apple.

Leia também: