gotham knights
Imagem: Reprodução

Anunciado no último final de semana, Gotham Knights animou os fãs durante o DC FanDome. Um dos detalhes divulgados, envolveu sua conexão com os jogos Arkham, desenvolvido pela Rocksteady em parceria com a WB Montreal.

Mais tarde, a empresa explicou que o novo título não faz parte do ‘Arkham-verso’. De acordo com a mesma, o game Suicide Squad: Kill The Justice League, continuará a história de Arkham Origins.

Em uma entrevista para o portal ComicBook, Patrick Redding, diretor criativo da Gotham Knights, comentou sobre sua decisão de não vincular o título com o universo Arkham. Segundo o funcionário, a equipe viu uma oportunidade de oferecer uma nova visão do mundo e também do elenco de personagens jogáveis.

“Certo. Bem, acho que foi uma oportunidade, de certa forma”, disse Redding. “A série Arkham é incrível e realmente se destaca como uma obra que as pessoas amam, e é uma interpretação fantástica da tradição do Batman. Acho que para nós, vimos uma oportunidade, foi concedida a oportunidade, honestamente, de começar algo novo e olhar de novo, não apenas para o universo do Batman, mas para toda a gama e escopo de personagens e heróis que fizeram parte disso por tantas décadas, e então pense sobre os tipos de desafios e ameaças que poderíamos desencadear no jogador se estivéssemos dispostos a mudar um, dois ou três elementos-chave, incluindo, por acaso, os protagonistas”, continua.

“Isso realmente desencadeou toda a conversa para nós, e nos foi dada essa chance, então viemos para a mesa com a ideia de, bem, veja, todos esses heróis incríveis, mesmo apenas olhando para o núcleo dos membros originais da Família Batman, você tem personagens que embora compartilhem um pouco do DNA da luta contra o crime, eles realmente evoluíram em direções diferentes”, complementa Redding.

“Você pode imaginar que naquele cenário de panela de pressão de Gotham City em apuros porque perdeu seu protetor, como uma Batgirl evoluiria para sua manifestação final de Cavaleiro das Trevas? Quando olhamos para todos os quatro, vimos que estão todos se movendo em direções realmente diferentes, e isso se torna uma fonte de intriga, uma fonte de crescimento e uma fonte de definição de metas e estratégia por parte dos jogadores, de uma forma que sentimos ser muito emocionante para ignorar, então foi por que fomos assim”, finaliza Redding.

Gotham Knights está em desenvolvimento e deve ser lançado em 2021.

Leia mais: