INTZ
INTZ tem a pior campanha brasileira no MSI 2019 (Foto: Riot Games)

A INTZ encerrou sua participação no MSI 2019. No entanto, a equipe brasileira ficará marcada negativamente na competição. Com cinco derrotas e apenas uma vitória, os Intrépidos se despedem do torneio trazendo na mala a pior campanha da história de um time do CBLOL no Mid-Season Invitational.

Na rodada de estreia, a INTZ já havia decepcionado sua torcida. Com duas derrotas, a equipe viu sua classificação para a próxima fase ameaçada. Mas, sabemos que em League of Legends, os times conseguem se recuperar rápido de derrotas. Porém, não foi isso que aconteceu com os Intrépidos. Os brasileiros não evoluíram e apresentaram erros infantis nos jogos do último domingo (05).

Leia também: INTZ estréia com duas derrotas no MSI 2019

No primeiro confronto, a INTZ foi totalmente massacrada pelos japoneses da Detonation FocusMe. Dessa forma, a equipe brasileira foi eliminada do MSI 2019 faltando três partidas para finalizar sua participação na competição. No entanto, os Intrépidos ainda tinham chances de se livrarem do maior vexame brasileiro no campeonato.

No segundo jogo do dia, a INTZ enfrentou a Vega Squadron, porém, mais uma vez, os erros apareceram e a equipe brasileira foi facilmente derrotada. No terceiro confronto, o segundo contra os japoneses da Detonation FocusMe, os Intrépidos sofreram e acumularam a quinta derrota seguida no MSI 2019.

A vitória de honra no MSI 2019

Na despedida da competição, a INTZ batalhou contra a MEGA Esports. O time do sudeste asiático também não tinha mais chances de classificação. No entanto, os Intrépidos queriam se despedir da competição com uma vitória de honra. E, após um jogo cheio de erros de ambas as equipes, os brasileiros conseguiram somar seu único ponto no campeonato.

A princípio, o cenário BR depositou confiança na INTZ, já que eles derrotaram o Flamengo na final do primeiro Split do CBLOL. Porém, o que se viu no MSI 2019 é desastroso para a comunidade. Os Intrépidos voltam ao Brasil carregando o peso da pior campanha de um time brasileiro na história da competição.