Phasmophobia, nova febre gamer de terror, quebra servidores ainda em sua versão beta na Steam

Publicado em 6/11/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No mês do Halloween, a Kinetic Games cumpriu o que prometeu no desenvolvimento de Phasmophobia: Ser um dos melhores jogos de terror do ano. O mais interessante é que o game ainda se encontra na versão beta, mas isso não foi entrave para o mesmo quebrar os servidores da Steam.

Com o sucesso, a empresa agora está até reconsiderando vários pontos de sua produção. Dknighter, único desenvolvedor do jogo, de acordo com o portal Eurogamer, comentou sobre o hype de seu game.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava planejando que a capacidade do servidor atingisse um máximo de 500 jogadores no dia do lançamento e caísse a partir daí“, comenta. “Agora o jogo tem mais de 2 milhões de vendas, com um pico de jogadores em torno de 90 mil”, complementa.

Agora, com todo sucesso adquirido, o desenvolvedor está reformulando por completo seu planejamento e explica:

“Eu estava planejando originalmente que o acesso inicial fosse curto, onde apenas adiciono mais alguns mapas, tipos de fantasmas e equipamentos. No entanto, devido à popularidade do jogo, as expectativas de todos aumentaram, então terei de reconsiderar meus planos para o futuro do jogo”.

Antes de tudo, o desenvolvedor comenta ainda que seu foco será na correção de erros. Segundo o mesmo, na maioria das vezes, os bugs estragam a jogatina de muitos jogadores. Além disso, Dknighter comentou que inúmeras novas mecânicas precisam ainda de testes e atualizações.

Phasmophobia está atualmente disponível em acesso antecipado na Steam.

Fonte: EuroGamer/ Matt Wales.

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio