Streamers entram em GUERRA após Twitch excluir contas sem aviso

Publicado em 21/10/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inúmeros streamers do Twitch estão vendo seu conteúdo removido sem aviso, no que está sendo referido como um “banho de sangue DMCA“. Apesar de ser indiscutivelmente a plataforma de streaming de videogame mais proeminente da internet, o Twitch tem sido o centro de muitas controvérsias.

O Twitch sempre foi rápido em banir streamers e remover conteúdo. Às vezes, isso é o melhor, como quando a plataforma baniu permanentemente o polêmico usuário LeafyIsHere. O infame criador de conteúdo começou no YouTube e ganhou notoriedade por postar conteúdo projetado especificamente para irritar e insultar outras pessoas. Seu uso constante de linguagem odiosa o baniu do YouTube, e ele não durou muito no Twitch. Embora Leafy certamente tenha fãs, a maioria concordaria que ambas as plataformas ficam melhores sem ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, seguindo essa proibição merecida, o Twitch parece estar indo longe demais. A plataforma aparentemente recebeu muitas reclamações de DMCA (Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital) para músicas lançadas de 2017-2019 e decidiu resolvê-las excluindo todas as transmissões ofensivas sem aviso ou recurso para os jogadores que as postaram.

O massacre como vem sendo chamado, foi relatado pela primeira vez por Rod Breslau, que incluiu a mensagem que o Twitch enviou aos usuários afetados. O procedimento é flagrantemente impiedoso: a plataforma observa que “ao excluir este conteúdo, não estamos dando a você a opção de registrar uma contra notificação ou buscar uma retratação do detentor dos direitos”.

Os streamers do Twitch, como Devin Nash e Viss, avaliaram o quão absurdo é o comportamento da plataforma, especialmente porque não existe um sistema de identificação para que os usuários descubram o que está sendo alvejado pelo DMCA.

O Twitch divulgou um comunicado oficial na conta Twitch Support no Twitter, expondo seus planos para evitar calamidades como esta no futuro. O plano principal parece facilitar a exclusão de clipes ofensivos no futuro, o que é um pequeno conforto para os streamers que já tiveram seus canais eviscerados.

Esta não é uma maneira de o Twitch tratar seus criadores de conteúdo. As quedas rápidas e brutais do site cheiram a desespero. A plataforma de streaming está claramente mais interessada em evitar problemas legais para si mesma do que em proteger os direitos e o conteúdo de seus usuários.

Os espectadores do Twitch já tiveram que aturar muitos comportamentos decepcionantes, como por exemplo, quando o site recentemente tentou mostrar anúncios aos usuários no meio de transmissões ao vivo, interrompendo momentos potencialmente importantes nas mesmas ou anúncios de jogos. Compreensivelmente, esse movimento era odiado por todos e foi removido.

Os criadores de conteúdo merecem algo melhor do que um site que descarta seu conteúdo em um segundo para salvar sua própria pele. É uma exibição vergonhosa de uma plataforma que já fez muitas escolhas erradas. Esperançosamente, o Twitch aprenderá com esta calamidade e se sairá bem com seus streamers no futuro.

Fonte: Twitter/Screenrant/The Gamer/Game Spot

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio