O que o título da TeamOne no Major de Rainbow Six significa para o Brasil?

Os gringos sem dúvida estarão estudando nossos times e jogadores mais do que nunca no cenário do Rainbow Six, mas por hora o Brasil é autoridade e torcemos para que continue assim.

Publicado em 25/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesse último domingo (23), o Brasil foi mais uma vez campeão internacional no Rainbow Six Siege. A equipe da Team One derrotou a russa Empire por 3 mapas a 2 e conquistou seu primeiro título de todos, de forma incrível. Desacreditado, o time chegou à final depois de disputar até jogo desempate para passar da fase de grupos.

Essa vitória estabeleceu ainda mais o domínio brasileiro no competitivo do jogo da Ubisoft. No último Six Invitational, maior campeonato do cenário, disputado em maio desse ano, o Brasil ocupou todas as três posições do pódio, com MiBR, Liquid e NIP, sendo a última a equipe campeã.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda assim, o feito da Team One traz ainda mais significado para a hegemonia nacional, mesmo o campeonato sendo “menor”. O grupo formado por Alemão, Lagonis, KDS, Neskin e Levy conseguiu uma marca como nenhuma outra. Conquistar um título internacional após apenas seis meses de construção da “escalação” do time como está, não é para qualquer um. Isso só mostra como o trabalho técnico, tático e estratégico dos brasileiros está realmente em outro nível nesse jogo, mesmo ainda antes do profissional.

Os jogadores da T1 mostraram não só grande habilidade na trocação com os oponentes, mas também uma excelente leitura do jogo do R6, no qual há muita estratégia envolvida. Eles surpreenderam o outro time por muitas vezes, com banimento de operadores inusitados, um uso preciso de granadas e C4s, e desativadores muito bem plantados por Lagonis, o “suporte” e organizador principal do time.

Para dar um contexto rápido para o leitor que não conhece o game, no Rainbow Six há cinco personagens no ataque e cinco na defesa. O objetivo da defesa é deixar com que a “bomba”, que já há no mapa, estoure e o do ataque, é desativá-la, ou então eliminar todos os cinco jogadores do outro lado, que vale para ambos. Para isso, há para cada operador um uso de diferente de armas, gadgets (granadas, C4s, e outros), itens utilitários (escudos, fumaça, e outros) e, para o ataque, a mala para desativar a bomba, que só pode ser usada próximo à mesma.

A cada rodada os jogadores escolhem o personagem que querem usar, dependendo das suas habilidades. Para vencer o mapa, é necessário ganhar sete rodadas, ou então oito, caso haja empate em 6-6. No competitivo, há muitas vezes a disputa em melhor de três mapas ou de cinco. O mapa é o cenário em que a disputa acontece, e há diversos no jogo também.

Para finalizar, a campanha da Team One no torneio enfatiza ainda mais a conquista. Ela entrou como uma das azarãs, com a maior parte das outras como maiores favoritas. A fase de grupos ainda foi complicada para eles, o que tornou a superação ainda maior. No fim, os campeões passaram por Darkzero, a grande favorita Liquid e Empire nos playoffs para garantir o título.

Os gringos sem dúvida estarão estudando nossos times e jogadores mais do que nunca no cenário do Rainbow Six, mas por hora o Brasil é autoridade e torcemos para que continue assim. Parabéns à Team One.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar