Partida entre Rensga e Redemption é pico de audiência

Publicado em 14/7/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O time de LoL da Rensga Esports tem feito performances em alto nível dentro e fora de Summoner’s Rift. O equilíbrio no Circuito Desafiante colocou a equipe de League of Legends na terceira posição da classificação, após a semana 5 do torneio, e, igualmente, no pico de audiência nas plataformas de streaming e redes sociais que transmitem os jogos na web. Segundo o monitoramento da Esports Charts, o jogo atingiu 46.257 visualizações únicas, ou seja, espectadores.

“Em dias de vitória atingimos índices de engajamento quase quatro vezes maiores que dos grandes times do CBLoL, como a INTZ, por exemplo, que possui mais de 100 mil seguidores no Twitter. Independente de vitória ou derrota procuramos sempre interagir de formas diferentes nos nossos canais e isso faz com que as pessoas busquem e esperem pelo nosso conteúdo na web”, comenta o CEO da Rensga, Djary Veiga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A forte presença digital tem sido a marca registrada da Rensga. As ações online do time chamam a atenção pelo humor, os jargões regionais e a agilidade. “As pessoas querem uma interação imediata no pós jogo. Então, além de saber se a Rensga vai perder ou ganhar, o público espera pelo conteúdo diferenciado que entregamos nas redes sociais o que gera curtidas, comentários e compartilhamentos. Acreditamos que isso também tenha contribuído para este pico”, analisa Djary.

Semana 6

A fase regular do Circuito Desafiante caminha para as rodadas decisivas. Nesta semana, a Rensga enfrenta a Havan Liberty, na rodada 11 (13), às 23 horas, mesmo horário da partida de hoje (14), na rodada 12, que será contra a líder, RED Kalunga. “A única coisa que importa é a classificação para os playoffs independentemente da posição na tabela. A expectativa inicial era terminar a fase regular na quarta colocação e nosso planejamento continua o mesmo”, pontua o técnico da Rensga, Pedro “gafone”.

Para Thiago “Kiari”, topo do time, o certame segue indefinido com equilíbrio técnico entre os times e todos em condições de ser campeão. “Tivemos uma evolução importante no aspecto de nos entendermos enquanto time e alinhamos nosso pensamento dentro do jogo para chegar aos nossos objetivos”, conclui.

Leia também:

https://observatoriodegames.uol.com.br/noticias/cblol-abre-inscricoes-para-selecao-de-equipes-em-novo-modelo-de-liga
https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/cblol-confira-escaloes-das-rodadas-do-final-de-semana
https://observatoriodegames.uol.com.br/noticias/rensga-esports-vence-o-gc-rift
https://observatoriodegames.uol.com.br/noticias/cartucho-de-super-mario-bros-vendido-pelo-valor-recorde-de-us-114-000
https://observatoriodegames.uol.com.br/noticias/saiba-tudo-sobre-o-lancamento-de-assassins-creed-valhalla
https://observatoriodegames.uol.com.br/mercado/lego-lancara-console-retro-para-jogos-da-nintendo
https://observatoriodegames.uol.com.br/noticias/saiba-como-foi-criado-o-mundo-de-ghost-of-tsushima
https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/nintendo-queria-fazer-grandes-mudancas-fisicas-em-pikachu-charizard-e-outros-pokemon
https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/ninja-afirma-que-esta-excluindo-tiktok-por-invadir-dados-privados
https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/left-4-dead-3-seria-em-um-mundo-aberto-e-ambientado-na-africa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio