Corinthians rescinde contrato de Danilo Avelar após frase racista em live gamer

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fih de rapariga preta”. Esta foi a frase digitada pelo jogador Danilo Avelar que custou seu contrato pelo Corinthians. O comentário, feito durante uma partida de Counter Strike: Global Ofensive (CS:GO), chegou ao conhecimento do clube e repercutiu rápida e negativamente pelos corredores do Parque São Jorge.

Tudo aconteceu muito rápido. O episódio aconteceu na madrugada do dia 23 e antes do fim desse mesmo dia, o veredito estava tomado. Após uma reunião entre a diretoria e os procuradores de Danilo, o clube resolveu rescindir contrato com o jogador, que tinha vínculo com o clube até 31 de dezembro de 2022.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Frase foi dita para um estrangeiro

Avelar disse que foi ofendido por um gamer estrangeiro pelo fato de ser brasileiro. Como resposta, teria escrito a frase, que muito provavelmente não foi entendida pelo outro lado. Em posicionamento oficial, Danilo também assumiu o erro da frase, mas nada disso foi capaz de contornar a situação. Confira o pronunciamento oficial do Corinthians:

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo. O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia”

Diretoria corinthiana

De acordo com o UOL, o lateral Danilo Avelar, de 32 anos, ganhava atualmente cerca de R$ 350 mil por mês. Até então, o jogador possuía a mesma multa rescisória do zagueiro Gil, principal reforço do Timão na temporada. A multa está estipulada em 50 milhões de euros (R$ 211 milhões) para o futebol europeu e R$ 100 milhões para clubes brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio