Publicidade
George Romero

Filme perdido do pai dos filmes e games de zumbi ressurge dos mortos

Filme perdido de terror George Romero, ‘The Amusement Park’, ressurgiu e é tudo o que você esperaria de um filme do mestre.
Gostou? Compartilhe!
George Romero
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

George Romero é sinônimo de Zumbis. Graças ao diretor e sua visão única e crítica que os fãs do gênero podem comemorar a quantidade de filmes, séries, quadrinhos, livros e principalmente jogos que a indústria de entretenimento lança ano após ano para um público faminto pelo tema. Ninguém ousa admitir que títulos como Resident Evil mais do que comeram de cérebros e usaram de produtos químicos para transporem os roteiros de Romero para suas histórias.

Veja também:

    Portanto, encontrar uma nova obra do mestre da criação destes seres vindos dos túmulos – ou não -, é uma ótima notícias para os fãs do autor e do seu estilo. Infelizmente já se foram quase quatro anos que George Romero nos deixou, para quem sabe dar um jeito de criar alguns filmes mais imersivos para nos assustar durante a noite e até mesmo de dia.

    Assim sendo, o filme The Amusement Park (O parque de diversões) estava guardado há 48 anos e finalmente fez sua estreia esta semana no site de streaming de terror Shudder. O filme é de 1973 dirigido e editado por George A. Romero a partir de um roteiro de Wally Cook sendo estrelado por Lincoln Maazel, Harry Albacker, Phyllis Casterwiler, Pete Chovan e Sally Erwin.

    Continua depois da Publicidade

    Curiosamente ele é um projeto feito para a Sociedade Luterana, com o objetivo de esclarecer o preconceito sobre o tratamento negativo que a sociedade dá aos idosos. O longa acabou não sendo lançado porque ficou tão bom – sem ser irônico -, que a Sociedade achou melhor o guardar, já que era muito perturbador para mostrar ao público. Como sempre, um filme com a cara de Romero.

    The Amusement Park poderia ter continuado esquecido se uma impressão de 16 mm não tivesse sido encontrada em 2017, pouco antes da morte de Romero. Desde então, ele já foi exibido no Festival de Cinema de Torino como uma homenagem ao diretor após seu falecimento.

    Infelizmente, para os fãs brasileiros, terão que procurar o longa de outras formas, já que o site Shudder não está disponível para o nosso território.

    Siga nossas redes:

    CONTEÚDO RELACIONADO