Militares vetam processo contra Felipe Neto, que comemora com meme de Among Us

O gamer teria cometido três crimes por ofender o comandante Carlos de Almeida Baptista Junior, nas redes

Publicado em 10/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última segunda-feira (09), o Superior Tribunal Militar (STM) rejeitou uma notícia-crime do vereador bolsonarista Douglas Gomes, de Niterói (RJ), contra Felipe Neto, um dos YouTubers com mais alcance de visualizações do Brasil. Após processo vetado, Neto celebrou com meme de Among Us, jogo em grupo e sobrevivência.

A notícia-crime rejeitada pelo STM teria sido por ofensas ao comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior. A decisão foi da relatora do caso, a ministra Maria Elizabeth Rocha. No mês passado, Douglas Gomes acionou o SMT contra o YouTuber, alegando que este havia cometido três crimes por ofender o comandante nas redes sociais.

Dois crimes teriam sidos do Código Penal Militar e um da Lei de Segurança Nacional. O vereador afirmou ainda que o Gamer havia divulgado fatos “capazes de ofender a dignidade ou abalar o crédito das Forças Armadas”. Então, a ministra considerou que o vereador de Niterói não tem legitimidade para oferecer a notícia-crime, nem está relacionado com a alegada ofensa.

“Não possui o STM competência para determinar a abertura de processo criminal ou dar andamento à ação privada subsidiária da pública ofertada por quem não seja parte legítima ou interessada”, disse a relatora Maria Elizabeth. Among Us é um jogo que tem dois objetivos: dos tripulantes, é de identificar os impostores, e dos impostores é de eliminar os tripulantes.

Via: Guilherme Amado/Metrópoles
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar