Top 5 personagens Queer dos games de todos os tempos

Publicado em 29/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Queer é uma palavra proveniente do inglês usada para designar pessoas fora das normas de gênero, seja pela sua orientação sexual, identidade ou expressão de gênero, ou características sexuais. Queer surgiu na língua inglesa por volta do ano 1500, com o sentido de “estranho, peculiar, excêntrico, esquisito”. Em 1922, ele passou a ser utilizado como adjetivo, de forma pejorativa, para homossexuais, algo como “bicha, veado, boiola”, um xingamento.

Assim como tantos outros personagens, a representatividade Queer ainda é pouca dentro do entretenimento e muitas vezes ainda vista de forma vulgar. Como dito em meios acadêmicos, o conceito de representação é muito complicado, pois ele vai além de colocar um personagem com título LGBTQIA+. Este personagem tem que ter uma história, ser empatico ao público e ir além dos estereótipos. Por isso, apresentamos abaixo 5 personagens Queer dos games de todos os tempos! A lista é aleatória.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

1. Eagle (Street Fighter)

Eagle foi um dos dois lutadores ingleses no jogo Street Fighter original de 1987. Mordomo de profissão, ele luta com bastões enquanto usa suspensórios e gravata borboleta. Em jogos posteriores de Street Fighter, ele foi reinventado como o maior fã do cantor bissexual do Queen, Freddie Mercury. Acredite ou não, vários videogames fazem referências diretas ao grupo de Rock.

2. Alfred Horner (Dracula Unleashed)

A partir daquele período breve e estranho em que os jogos tentaram incorporar o vídeo ao vivo à narrativa, Dracula Unleashed (1993) apresenta uma variedade de atores fazendo sotaques terríveis, incluindo o “dono de uma livraria muito afeminado” chamado Alfred Horner, que diz coisas como “Que lenço interessante!” ao ver um pedaço de pano esfarrapado.

3. Dr. Liara T’soni (Mass Effect)

Mass Effect é talvez a série mais interessante dos jogos, com a Dra. Liara T’soni aparecendo em todas as três edições da série. Membro da asari, uma raça exclusivamente feminina, T’soni pode se reproduzir com qualquer membro de qualquer espécie. Se o jogador escolher ser mulher, há uma opção para uma breve cena lésbica softcore em que o jogador Shep fica com a médica.

4. Bill (The Last of Us)

Em um mundo pós-apocalíptico, os heróis Joel e Ellie entram na cidade de Lincoln, que é administrada por um homem gay paranóico chamado Bill. Crotchety e medroso, Bill mantém uma aliança incômoda com os personagens principais. O personagem foi notado por GLAAD por sua representação de um homem gay como uma pessoa normal, embora paranóica presa em uma paisagem infernal de pesadelo.

5. Kian Alvane (Dreamfall Chapters)

Hunky Kian Alvane é um dos três personagens jogáveis em Dreamfall Chapters, um jogo episódico de cinco partes aclamado pela crítica lançado pelos desenvolvedores noruegueses Red Thread Games. Alvane é revelado como gay no terceiro capítulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio