Publicidade
Sério?

Veja 5 coisas bizarras e trágicas que as pessoas já fizeram por causa dos videogames

São coisas que não dá para se acreditar, mas são totalmente reais e fatais.
Gostou? Compartilhe!
Controle com sangue
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

Não é segredo algum que os jogos levam as pessoas para diferentes universos e galáxias muito, muito distantes. Além disso, os jogos são uma forma de extravasar e também competir. E sendo assim, as pessoas podem acabar fazendo coisas muito estranhas e até mesmo agir de forma violenta. Sendo assim, confira 5 coisas bizarras que as pessoas já fizeram nos videogames.

1. Pavel Mateev

Um garoto russo de 15 anos chamado Pavel Mateev gostava muito de videogames. Alguns podem dizer que ele era viciado em jogos. Ou pelo menos é o que novos sites russos afirmaram depois que Mateev aparentemente infligiu ferimentos fatais em sua própria cabeça com uma serra elétrica depois de perder em um jogo de computador.

Aparentemente, Mateev passou várias horas no computador jogando o jogo que sua mãe comprou para ele. A Rússia tem vários “grupos da morte” que tentam convencer adolescentes e crianças a cometer suicídio enquanto jogam videogames. Segundo relatos, ele foi para o quintal, “ligou uma motosserra e cortou a própria cabeça”.

Continua depois da Publicidade

2. David Katz

David Katz era um homem de 24 anos de Baltimore, Maryland, que estava participando de um torneio de videogame “Madden NFL 19” em Jacksonville. De acordo com as autoridades, Katz sacou uma arma e abriu fogo contra os outros participantes do torneio depois de perder. Ele assassinou dois homens inocentes – Elijah Clayton, de 22 anos, e Taylor Robertson, de 28 – e feriu várias outras pessoas antes de apontar a arma para si mesmo.

As autoridades disseram que Katz alvejou intencionalmente os jogadores competitivos porque passou por outros clientes sem atirar neles. O trágico evento foi transmitido no Twitch.

3. Alexandra Tobias

Alexandra Tobias e seu filho de três meses, Dylan Lee Edmondson, moravam juntos em Jacksonville, Flórida. Dylan começou a chorar enquanto Alexandra jogava FarmVille, o que fez Alexandra ficar furiosa. Ela pegou o bebê e começou a sacudi-lo violentamente. Então ela saiu e fumou um cigarro antes de voltar para dentro para sacudir o bebê novamente.

Mais tarde, ele foi levado ao hospital por causa dos ferimentos na cabeça. No local, ele faleceu de traumatismo craniano. A princípio, Alexandra disse à polícia que Dylan havia caído e batido a cabeça depois que o cachorro o derrubou do sofá. A polícia não acreditou e Alexandra foi presa. Ela se declarou culpada de assassinato em segundo grau e foi condenada a 50 anos de prisão.

O juiz que presidiu seu julgamento disse: “Aquele que é o mais indefeso entre nós foi assassinado por sua própria mãe. E por quê? Porque ele estava chorando durante um jogo de FishVille ou FarmVille ou o que quer que estivesse acontecendo durante o Facebook naquele dia.

4. Hsieh

Em um cibercafé em Taiwan, um homem de 32 anos chamado Hsieh reservou um quarto em 2015. Hsieh era frequentador assíduo desse café. De acordo com sua família, ele desaparecia por dias seguidos. Quando os funcionários do cibercafé viram Hsieh deitado, inicialmente pensaram que ele estava dormindo.

Mas ele estava realmente morto há várias horas. Ele foi levado para o hospital, onde foi declarado morto. Acredita-se que Hsieh tenha sofrido uma parada cardíaca causada por exaustão. Um atendente de cibercafé disse aos repórteres: “Hsieh era um cliente regular aqui e sempre jogava por dias consecutivos. Quando cansado, ele dormia de bruços na mesa ou cochilava caído na cadeira. É por isso que não sabíamos de sua condição no começo”.

5. GTA IV

Em New Hyde Park, Nova York, em 26 de junho de 2008, um grupo de adolescentes iniciou uma onda de crimes. Primeiro, três deles assaltaram violentamente um homem no estacionamento de uma mercearia. Depois disso, a gangue marchou pelas ruas de New Hyde Park até encontrar uma mulher em seu carro.

Apó roubar um maço de cigarros da mulher, eles quebram uma van usando um dos tacos de beisebol que trouxeram para a cena do crime. A mulher chamou a polícia e os adolescentes foram presos. Ao serem questionados sobre seus motivos, os adolescentes afirmaram que foi o videogame Grand Theft Auto IV que os levou a cometer esses crimes.

Via: ListVerse/Reddit/Washington Post/THR/CNN/The Verge

CONTEÚDO RELACIONADO