Publicidade
ENTENDA

Artista declara que games onde atuou tem roteiros muito melhores do que muitos filmes e seriados: “Facilmente”

Uma declaração vinda de uma artista renomada do entretenimento.
Gostou? Compartilhe!
Starfield
Imagem: Divulgação
Publicidade

Alguns atores de renome, como Devora Wilde de Baldur’s Gate 3 e Elia Toufexis de Starfield e Deus Ex, expressaram sua opinião de que os roteiros de jogos podem superar facilmente alguns programas de televisão e filmes em que trabalharam. Devora Wilde, conhecida por seu papel como Lae’zel em Baldur’s Gate 3, compartilhou suas impressões durante uma aparição no programa de culinária The Geek Recipes, destacando a transição positiva das telas para o mundo dos videogames.

Em relação à qualidade de produção e grandiosidade, Wilde afirmou que a indústria dos videogames está rapidamente alcançando, ou até mesmo superando, os padrões estabelecidos por filmes e programas de TV. Ela enfatizou que Baldur’s Gate 3, em sua opinião, oferece uma experiência narrativa tão rica e envolvente quanto qualquer produção cinematográfica em que esteve envolvida.

Além disso, Wilde ressaltou a profundidade e a complexidade dos personagens dos jogos, especialmente sua própria personagem, Lae’zel. Ela observou que a capacidade dos jogadores de passarem tempo significativo com os personagens ao longo do jogo contribui para uma conexão mais profunda e uma imersão mais completa na história.

Continua depois da Publicidade

Elia Toufexis, que também tem experiência em jogos como Starfield e Deus Ex, ecoou os sentimentos de Wilde, enfatizando que muitos jogos em que ele trabalhou têm roteiros superiores em comparação com alguns trabalhos na televisão. Essa perspectiva destaca o crescente reconhecimento da qualidade narrativa nos videogames e o papel vital dos atores na entrega dessas histórias complexas e envolventes.

No entanto, mesmo com o reconhecimento crescente da qualidade da escrita nos jogos, surgiram controvérsias relacionadas à dublagem de IA. Atores da indústria de videogames expressaram críticas ao sindicato Screen Actors Guild (SAG-AFTRA) por seu acordo com uma empresa de voz de IA, levantando questões sobre o futuro da profissão de dublagem e o papel dos atores na indústria de jogos.

CONTEÚDO RELACIONADO