Publicidade
Saiba mais

Co-criador de Sonic é condenado a dois anos e meio de prisão e multa milionária

Co-criador de Sonic The Hedgehog, Yuji Naka, é condenado à prisão por informações privilegiadas
Gostou? Compartilhe!
Yuji Naka
(Imagem: Yuji Naka)
Publicidade

O co-criador de Sonic the Hedgehog, Yuji Naka, pode cumprir dois anos e meio de prisão como parte de sua sentença por acusações de uso de informações privilegiadas. O Abema Times informou que os promotores do caso pediram que Naka fosse preso por dois anos e seis meses em um Tribunal Distrital de Tóquio hoje (1), conforme relatado pelo Video Games Chronicle.

Os promotores também exigiram que Naka pagasse uma multa de 2,5 milhões de ienes (cerca de R$ 89.866,95), bem como uma multa suplementar de 170 milhões de ienes (cerca de R$ 6.024.600,00). A defesa de Naka pediu que a multa e a pena de prisão fossem reduzidas, mas uma decisão final sobre o assunto não é esperada até 7 de julho.

Naka, que também dirigiu Balan Wonderworld, foi preso em novembro em conexão com uma investigação de informações privilegiadas envolvendo a revelação de um novo jogo Dragon Quest. Naka foi acusado de comprar 10.000 ações no valor de 2,8 milhões de ienes da Aiming, a empresa por trás do novo jogo Dragon Quest para celular.

Continua depois da Publicidade

Então, menos de um mês depois, Naka foi preso novamente em uma segunda acusação de uso de informações privilegiadas, desta vez envolvendo o agora extinto battle royale móvel, Final Fantasy VII: The First Soldier. Naka supostamente comprou 120.000 ações da Ateam, a desenvolvedora por trás do jogo, por aproximadamente 144,7 milhões de ienes.

Agora, Naka foi acusado e pode enfrentar mais de dois anos e meio de prisão, além de mais de US$ 1 milhão em multas. Uma decisão final sobre suas acusações é esperada para o próximo mês.

Via: VGC/Abema Times/Game Informer

CONTEÚDO RELACIONADO