Cyberpunk 2077
Keanu Reeves, que interpretará o personagem Johnny Silverhand no game; Imagem: Reprodução.

A insatisfação dos que aguardam a chegada do game Cyberpunk 2077 atingiu um novo patamar de comportamento diante do mais recente adiamento do game, que pula para 21 dias após o prometido. Desta vez, um funcionário do CD Projekt Red, estúdio que desenvolve o jogo, recebeu ameaças de morte pro conta do ocorrido. A vítima foi o designer sênior de jogos Andrzej Zawadzki, que usou sua conta no Twitter para abordar o acontecido.

“Eu quero abordar uma coisa em relação ao @CyberpunkGame demora. Eu entendo que você esteja com raiva, desapontado e queira expressar sua opinião sobre isso. No entanto, enviar ameaças de morte aos desenvolvedores é absolutamente inaceitável e simplesmente errado. Somos pessoas como você.” disse o designer, sem detalhar que tipo de ameaça sofreu.

Até o momento, a postagem do profissional repercutiu rapidamente entre os internautas, que se dividiram entre repudiar o ato (a maioria) e focar na falta de compromisso que o estúdio teve com seus clientes depois de mais um adiamento. “Se você não conseguir manter uma data de lançamento, fique quieto até ter 100% de certeza” disse uma internauta.

O adiamento

De acordo com os desenvolvedores Adam Badowski e Marcin Iwinski, a decisão foi tomada afim de preparar as 9 versões do game, já que de acordo com o post, Cyberpunk 2077 alcaçou o patamar da próxima geração.

Imagem

Vale lembrar que recentemente o estúdio anunciou que sua equipe teria um turno extra para que o game seguisse o cronograma. Em outras palavras, o pessoal iria entrar em crunch, termo popularizado pela indústria dos games e refere-se às jornadas de trabalho longas e intensas, quando as equipes encaram um ritmo exaustivo, seja para corrigir problemas ou conseguir entregar projetos no prazo. Confira mais disso aqui.

Por fim, se nada mudar, Cyberpunk 2077 agora está programado para ser lançado em 10 de dezembro para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One , Xbox Series X/S e PC. O Google Stadia tem planos de receber o jogo mais adiante.

Leia também: