Estúdio de League of Legends faz acordo e paga mais de R$500.000.000 em processo

"Devemos assumir a responsabilidade pelo passado"

Publicado em 04/01/2022 14:33
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Riot Games, dona do sucesso League of Legends, acabou de fechar um acordo de R$500.000.000 milhões para encerrar seu processo por discriminação de gênero. O acordo, que foi anunciado em dezembro, encerra a ação coletiva movida por funcionários em 2018.

Caso não esteja por dentro, vários membros da equipe da desenvolvedora disseram que a Riot era um lugar tóxico para se trabalhar, em que o sexismo era bem comum, tanto que mais de 2.000 mulheres aderiram ao processo. Uma parte do valor vai ser pago a mulheres em empregos de tempo integral e contratados.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Riot vai reservar também R$34.000.000 milhões por ano durante três anos para ajustar o pagamento, criar 40 cargos de tempo integral para os contratados afetados e ter terceiros para monitorar seu progresso. A Riot já tinha proposto um acordo de R$56.000.000 milhões, mas o investigador do Departamento de Fair Employment and Housing da Califórnia falou que isso não era nem perto o suficiente.

Então, o DFEH sugeriu um valor próximo a R$2 bi, algo que a Riot claramente não concordou, fechando o valor de R$500 mi no final. “Se for assinado pelo tribunal, este decreto irá compensar os funcionários e contratados afetados por discriminação e assédio sexual, garantir uma mudança duradoura neste local de trabalho e enviar a mensagem de que todas as indústrias na Califórnia, incluindo a indústria de jogos, devem fornecer salários iguais e locais de trabalho gratuitos de discriminação e assédio”, falou Kevin Kish, diretor do DFEH.

“Embora estejamos orgulhosos de quão longe avançamos desde 2018, também devemos assumir a responsabilidade pelo passado”, disse a Riot Games, em um comunicado. “Esperamos que este acordo reconheça devidamente aqueles que tiveram experiências negativas na Riot e demonstre nosso desejo de liderar pelo exemplo, trazendo mais responsabilidade e igualdade para a indústria de jogos”, completou. Achou pouco o valor do processo?

Via: Tom Phillips/Eurogamer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar