FIFA 21: Perdeu de 11 a 0 para garoto de 14 anos, xingou sua mãe, foi punido e largou tudo

Publicado em 3/2/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem nunca ficou irado com um chocolate tomado numa partida de FIFA/PES que atire a primeira pedra. Contudo, quando a partida envolve profissionais, essa ira precisa estar contida, sob pena de punição severa. Mas autocontrole foi tudo que faltou para o inglês Harry Hesketh (25), um jogador profissional de FIFA, o game simulador de futebol da entidade máxima que comanda esse esporte pelo mundo.

Em dezembro, Harry estava numa partida de FIFA 21 contra Anders Vejrgang (14), válida pela qualificação europeia do campeonato do jogo em questão. Harry é um conhecido jogador no continente europeu, mas o garoto Anders é atualmente um dos nomes mais fortes do game na região, com record 300 partidas invicto, possuindo registo de 450-0 em FUT Champs, o modo mais competitivo e difícil de FIFA Ultimate Team.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diante de tantos atributos, a partida era muito aguardada, pois reuniria os dois habilidosos jogadores de videogame pela primeira vez, um proplayer e outro ainda sem poder competir oficialmente num torneio, por conta de sua idade, que lhe limita apenas a disputar classificatórias.

A Surra

Após muita expectativa, a partida começou, mas logo ficou evidente o sacode que estaria por vir para o jogador mais velho. Quando o placar bateu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, Harry simplesmente começou a largar o controle por longos períodos, deixando todos que assistiam a partida transmitida via Twitch sem entender muita coisa.

Hesketh não se importou com a postura do adversário e passou o trator com seu time, chegando a fazer 11 a 0. Após isso, Harry foi removido da partida por inatividade.

Xingou a mãe

Visivelmente irritado pelo sacode, Harry emitiu o seguinte comunicado para o jovem goleador: “Seus dedos podem ser mais rápidos, mas os meus são maiores.” disse o perdedor, que ainda xingou a mãe de Anders.

O Cartão Vermelho

A atitude do inglês de 25 anos obviamente não passou em branco, e a EA Sports, desenvolvedora do jogo e organizadora oficial do torneio em que ambos estavam, decidiu desqualificar Harry dos torneios desde então. A punição lhe rendeu um problema e tanto, já que o jogador era profissional e toda sua fonte de receita vinha da sua atividade enquanto jogador de FIFA.

Largando tudo

Após a repercussão do caso, Heskeht perdeu seu contrato com a Fnatic, por onde atuava como profissional. Diante da situação, o proplayer anunciou que se retirou das competições oficiais da EA e agora vai se dedicar a criar novos conteúdos no Youtube e Twitch, ainda com FIFA, para seus mais de 700 mil seguidores.

O jogador também postou um vídeo onde procurou se desculpar pelo que chamou de “comentário de mau gosto”, e ainda pediu para que seus seguidores não ataquem Anders por conta do episódio.

“Fiz um comentário de mau gosto, certo. ‘Os seus dedos podem ser rápidos, mas os meus são maiores,’ e fiz uma referência à sua mãe.”

“Sei que o pessoal do Reino Unido pensará que, bem, isso é uma piada de mães, quem é que não fez uma piada sobre mães e tentar defender-me. Não me defendam. No final das contas, ele tem 14 anos. É um comentário de mau gosto. Assim sendo, peço desculpas ao Anders e à sua mãe.”

Confira aqui as notícias mais recentes sobre o game FIFA.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio