Homem é condenado a três anos por fraudar única carta de Pokémon por R$ 290 mil reais

Ele ainda terá de pagar o empréstimo de US$ 85 mil dólares e uma multa adicional de US$ 10 mil dólares

Publicado em 16/03/2022 17:23
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um homem da Geórgia foi acusado de mentir, em 2021, para os promotores federais, solicitando um empréstimo de dinheiro para ajudar em seus negócios, que teriam sofrido danos por conta da Covid-19. O problema é que ele usou mais da metade do dinheiro para comprar um único card de Pokémon.

Vinath Oudomsine recebeu US$ 85 mil dólares de ajuda do governo, aproximadamente R$ 433 mil reais. Então, ao invés de usar para o objetivo que teria dito no começo do empréstimo, ele gastou US$ 57.789 mil dólares em um card raro do Charizard, aproximadamente R$ 290 mil reais.

Depois de “se declarar culpado de uma acusação de fraude eletrônica”, o Departamento de Justiça anunciou que o homem vai passar três anos em uma prisão federal, o que significa que não há chance de liberdade condicional. Depois, ele vai passar mais 3 anos em ‘libertação supervisionada’.

E não acaba por aí. Além de ficar preso, Oudomsine ainda terá de pagar o empréstimo de US$ 85 mil dólares mais uma multa adicional de US$ 10 mil dólares. Deu ruim para o fraudador!

Via: Luke Plunkett/Kotaku

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar