Internauta mistura peças de DualSense e DualShock 4 e cria um controle inédito

Publicado em 20/11/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O PS5 já está oficialmente entre nós (ou pelo menos entre os que não receberam uma cafeteira no lugar dele), e com isso, vem a fase seguinte, que é o anseio por novidades. E um desses anseios é sobre cores alternativas, que ao que tudo indica, depois de alguma briga, até virão, mas isso demora. Diante disto, já tem gente colocando a mão massa para mandar a sua versão customizada da nova geração.

Uma dessas pessoas foi um usuário do Reddit, com o codinome de Yakuza83, que misturou peças de um dualshock4 para fazer uma versão totalmente nova do DualSense. Se aproveitando dos botões simbólicos e do direcional do controlador do PS4, que se encaixaram perfeitamente, foi possível montar um DualSense preto, que foi passado no spray e conseguiu ficar com um resultado que você pode conferir abaixo:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por enquanto, a Sony já confirmou que outras cores virão, mas que por enquanto não dará mais informações sobre isso. A versão branca do PS5 quebra uma tradição na franquia que já vem desde o PS2: a de lançar primeiro uma versão preta, e só depois de alguns anos mandar uma branca.

Ao que tudo indica, esse processo não só foi acelerado como também pode contar com uma nova oportunidade de customização que promete mudar o que conhecemos sobre edições especiais.
Isto porque as placas brancas que envolvem o hardware se desconectam com uma relativa facilidade, conforme foi mostrado no vídeo oficial de desmontagem do console.

E diante dessa facilidade toda, tudo leva a crer que a Sony deverá comercializar essas placas de maneira customizada, não só em cores como também em texturas variadas, que poderiam vir com temas das franquias da casa. Caso aconteça mesmo, a solução seria uma ideia certamente brilhante. inovadora e barata no ramos dos consoles, que ainda poderiam ser revendidos sem ter seu preço desvalorizado pelos aranhões na superfície, que se somam ao decorrer do tempo.

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio