Publicidade
Viralizando

Internautas criam perfil fake de dono do submarino perdido para dar ‘feedback’ nas páginas de venda do controle que manuseava o submergível

“Arruinou meu negócio”
Gostou? Compartilhe!
Titan
O submarino Titan, da Oceangate, e o controle da Logitech usado para controlar o submergível.
Publicidade

A situação do submarino turístico da empresa Oceangate, que acaba de confirmar a morte de todos os seus tripulantes durante uma expedição que visava visitar os destroços do Titanic, está causando uma onda de comentários inesperados nas páginas da Amazon e da Logitech.

Após descobrirem que o veículo batizado de Titan era manobrado por um controle de videogame da marca da Logitech, alguns internautas estão indo até o campo de comentários de páginas que vendem o produto para dispararem sarcasmo diante do assunto.

Stockton Rush manuseia o controle da Logitech dentro do Titan, em vídeo gravado em 2021. (Reprodução Youtube).

Nas páginas de vendas do produto na região dos Estados Unidos, alguns internautas chegaram a criar um perfil fake usando o nome de Stockton Rush, CEO da empresa, para dar um falso feedback sobre o produto. Confira abaixo:

Continua depois da Publicidade

ARRUINOU MEU NEGÓCIO. Usei este controle para pilotar meu submarino e ele ARRUINOU meu negócio quando perdemos uma tripulação inteira porque o receptor perdeu a conexão. Agora estou sendo processado pelas famílias e estou arruinado financeiramente. Eu não sugeriria que ninguém comprasse este item.” diz a descrição do comentário, que conta com uma foto do CEO da empresa do Oceangate e que até o momento possui 1357 pessoas que classificaram a postagem como ‘útil’.

Empresa confirma morte de todos os tripulantes do submarino

Hoje, a Oceangate informou que todos os ocupantes do Titan morreram.A admissão foi feita minutos antes de uma entrevista coletiva da marinha norte-americana, logo após os familiares dos ocupantes serem comunicados.

A guarda costeira encontrou destroços do submarino que, ao que tudo indica, implodiu durante seu trajeto, terminando em tragédia uma aventura que ficou a 500m dos destroços do famoso Titanic. De acordo com as autoridades, as buscas por mais partes do submarino devem continuar, mas não há expectativas de que os 5 corpos sejam encontrados.

Quem eram os ocupantes do submarino Titan?

Hamish Harding

O bilionário tinha 59 anos e era presidente da empresa de aviação Action Aviation. Harding colecionava ações tidas como aventureiras, que iam de expedições ao Polo Sul a voos ao espaço em 2022, a bordo de um voo da Blue Origin.

Sua última postagem nas redes sociais foi justamente dizer que estava orgulhoso por fazer parte de um grupo que contava com “exploradores lendários” nessa ida até os destroços do Titanic.

Shahzada e Suleman Dawood

Shahzada Dawood tinha 48 anos e era vice-presidente de um dos maiores conglomerados do Paquistão, a Engro Corporation, que tem investimentos em fertilizantes, fabricação de veículos, energia e tecnologias digitais.

Era pai de Suleman, estudante da Universidade de Strathclyde, na Escócia, que também estava a bordo do Titan. A família era composta ainda pela esposa do empresário e mais uma filha. Todos residiam na Grã-Bretanha.

Não queria ir. De acordo com o testemunho de Azmeh Dawood, tia de Suleman, o jovem estava “apavorado” com a ideia da expedição e teria ido só para agradar ao pai, que foi na expedição bem no fim de semana em que se comemora o dia dos pais na Grã-Bretanha.

“Se você me desse um milhão de dólares eu não teria entrado no Titan”, desabafou a tia, que era irmã mais velha do empresário.

Paul-Henry Nargeolet

Curiosamente, Nargeolet é considerado um dos maiores especialistas do naufrágio do Titanic, segundo informações do The Guardian, tendo em seu currículo de explorador mais de 30 expedições ao local do Titanic, de onde conseguiu comandar a retirada de mais de 5 mil itens do navio.

Era ex-comandante da Marinha Francesa, piloto de submersível, especialista em mergulho profundo e diretor do programa de pesquisa subaquática para o Grupo E/M e Titanic. Estava como capitão do Titan.

Stockton Rush

O dono da OceanGate, e, portanto, responsável pela expedição. Era casado com Wendy Rush, herdeira do magnata do varejo Isidor Straus e sua esposa Ida.

Em entrevista ao blogueiro de viagens mexicano Alan Estrada em 2021, conhecido pelo canal no YouTube Alan por el mundo, Rush disse que “gostaria de ser lembrado como um inovador”. Foi nessa mesma entrevista que o bilionário disse ter “quebrado algumas regras” para construir o Titan.

Acredito que foi o general MacArthur quem disse: ‘você é lembrado pelas regras que quebra’ e você sabe que quebrei algumas regras para fazer isso. Acho que quebrei com bons engenheiros e lógica. Titânio e fibra de carbono existe uma regra para não fazer isso. Bem, eu fiz”, disse em referência ao material do submersível. “É escolher as regras que você quebra que vão agregar valor aos outros e agregar valor à sociedade, e isso realmente, para mim, tem a ver com inovação. Não é inventar”, completou Rush.

CONTEÚDO RELACIONADO