LOUD é primeira organização de esports a bater 1 bilhão de views no Youtube

Publicado em 2/6/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mês de Maio de 2020 representa um marco na história da LOUD, organização brasileira de e-sports com foco em mobile games, que revolucionou o cenário de criação de conteúdo e tem conquistado o mundo. Além de bater 1 Bilhão de visualizações em seu canal no Youtube, marca inédita no segmento dos esports, ela mostrou toda sua versatilidade num final de semana onde, anunciou um novo jogador para sua equipe de Free Fire Mobile e que compete nos campeonatos oficiais da desenvolvedora, produziu e entregou a final do torneio The Purge, realizado por um dos integrantes de seu time de talentos, o Coringa, lançou um episódio inédito da série documental sobre seus jogadores, com Sharin, um dos melhores jogadores do brasil e finalizou com chave de ouro, se sagrando campeã da 3a. Copa NFA, um dos torneios de Free Fire mais disputados da comunidade.

1 Billhão de visualizações no Youtube

Criada em Fevereiro de 2019, a LOUD trouxe um conceito inovador para a criação de conteúdo dentro de games e esports, onde todos os integrantes participam dos vídeos diários do seu canal no Youtube. Com uma equipe de produção dedicada e investimento constante, entre eles a locação de casas com diversos ambientes e toda comodidade para favorecer não só a criação de conteúdo como também as necessidades dos times para treinos e preparo técnico, a organização conquistou o título de 1o.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lugar na lista de canais que cresceram mais rápido em 2019, a Youtube Rewind 2019. Liderados por Bruno Playhard, que direciona a equipe de criação e supervisiona pessoalmente algumas das produções, a LOUD conquistou esta marca inédita com seu canal que já conta com mais de 7,4 milhões de inscritos, e todos canais de membros da organização combinados passam de 25 milhões de inscritos.

Campeão da 3a. Copa NFA

O time anunciado nas vésperas da competição, trouxe os jogadores Lzin e Thurzin como rushadores (que buscam o jogo), Jordan que é o suporte e o Bak que é o capitão e Shotcaller (quem dá as orientações para o time).

O time começou em primeiro lugar na tabela no início do campeonato, teve dificuldade na fase classificatória onde os outros times mudaram suas estratégias prejudicando seu modo de jogo e enfrentou problemas técnicos que fizeram com que apenas 2 jogadores participassem de algumas partidas, se classificando em 5º Lugar.

Chegou na final com novas estratégias, mais agressivas, buscando rotações para entrar em conflitos direto ou a chamada trocação, com os outros times, focando no número de abates e sempre buscando um posicionamento que favorecesse. Ter 2 capitães de formação, BAK e Jordan, ajudou muito nas tomadas de decisões pois informações como “equipe Y matou equipe Z” já sinalizavam para eles o local da trocação.

Thurzin e Lzin foram fundamentais para que essa estratégia pudesse funcionar, puxando o rush, os ataques, e sendo os primeiros a chegar nas brigas. Como resultado de todos esforços, a equipe se sagrou campeã, com Thurzin como MVP do campeonato.

A conquista teve uma comemoração mais que especial com a divulgação de mais um projeto da LOUD, a música GUXTA – LIVE ft. LOUD SQUAD EMULADOR (FREE FIRE), foi divulgada no canal do capitão do time, sendo um dos vídeos em alta no Youtube e mostrando outro lado da organização que é a produção musical.

2a. Edição do The Purge

Dividido em quatro rodadas que foram sendo adaptadas ao calendário ao longo deste período de quarentena, a 2a edição do torneio criado por Coringa, um dos talentos da LOUD teve picos de mais de 100 mil expectadores simultâneos no seu canal no Youtube. O campeonato feito para a comunidade, foi inspirado na premissa do filme “The Purge”, onde as pessoas tem um período onde podem desrespeitar as leis.

Com regras similares, mas adaptadas para o battle royale Free Fire, os times formados por personalidades do cenário (jogadores e influenciadores) em vez de sair abatendo os demais competidores no inicio do jogo, precisavam esperar até a 3a. safezone, sem poder atirar, nem destruir carros, mas sendo liberados ao soar da sirene para o uso de todas armas e veículos causando uma verdadeira concentração de jogadores no fim da partida e situações inusitadas que desafiavam a habilidade dos participantes.

Divertido e irreverente, o torneio teve como foco trazer um pouco de leveza as competições, com narração do próprio Coringa e análises de MOB que participou de todas transmissões, contando com participantes como Nobru, Kronos, Babi, Voltan, Weedzão, Bak, Thurzin, Cerol e todas personalidades que curtem um campeonato informal, se consolidando como parte do calendário de campeonatos de Free Fire voltados para a comunidade.

Shariin: Por trás do Mundial de Free Fire | SOMOS LOUD #02

Dando continuidade a proposta de trazer conteúdo original e bem produzido, a LOUD lançou neste fim de semana o 2o. episódio da série SOMOS LOUD, onde documentou a rotina do jogador Shariin, integrante de sua equipe mobile de Free Fire e um dos maiores destaques no cenário brasileiro.

Natural de Recife, o conteudo tras depoimentos emocionantes da familia e conta a história do jogador que veio do nordeste para ganhar o pais, com momentos no Mundial de Free Fire realizado no Rio de Janeiro, rotina de treinos, relacionamento com os companheiros de equipe e sua dedicação ao jogo. Produzido in house pelo time de conteúdo da LOUD, o material tem direção de Luiz Fontes, e mostra como é viver o sonho de conquistar um lugar numa das melhores equipes de esports do pais. Confira abaixo:

Novo jogador Noda

Quebrando barreiras de idade, a LOUD também anunciou o novo jogador da equipe mobile de Free Fire, Willian Noda de Oliveira, de apenas 16 anos. Inscrito anonimamente, como “jogador misterioso”, o novo talento passou por um período intenso de testes e jogou oficialmente pela LOUD sem ser anunciado para poder conquistar sua vaga na equipe.

Bastante celebrado pela comunidade, seu anuncio na sexta (29/05) mostrou o impacto na comunidade, alcançando mais de 6.4 milhões de impressões no seu lançamento e se destacando na mídia especializada. Substituindo Bradoock, que completou 1 ano na equipe e aproveita o momento para se dedicar mais a seu lado streamers, Noda chegou e conquistou a torcida, fazendo o L no melhor estilo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio