Na Holanda, roubo de Pokémons termina em perseguição de helicóptero e confusão

Gerente diz que ladrões estavam focados em levar somente isto

Publicado em 20/09/2021 12:36
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último dia 11, um roubo ousado acabou chamando a atenção dos moradores da cidade holandesa de Voorburg. Por volta das 21h30 no horário local, ladrões usaram uma van para destruir a porta de uma loja de brinquedos e roubar produtos pokémon e da linha LEGO.

Duas testemunhas presentes no local viram a cena e avisaram a polícia sobre o roubo na unidade da loja Intertoy, que fica na cidade de apenas 40 mil habitantes. A placa do veículo foi anotada e a polícia passou a perseguir suspeitos imediatamente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Frente da loja invadida pelos ladrões. (Imagem: https://www.omroepwest.nl/)

Um helicóptero foi adicionado nas buscas e chegou a localizar e perseguir uma van com as mesmas características, e após uma abordagem incisiva ao veículo, foi constatado que o carro não era o usado pelos dois ladrões em fuga. A polícia local noticiou sobre o caso em sua página na internet.

Interesse específico

O gerente da loja disse à imprensa local que os ladrões estavam atrás da coleção de Pokémon e Lego da loja. “Este [raid] envolve muito dinheiro”, disse o gerente ao Omroep West, informando ainda que fora o “pequeno dano emocional”, ninguém se feriu.

Na foto da loja invadida, registrada acima, é possível notar que vários brinquedos leves e fáceis de carregar foram deixados para trás, numa nítida demonstração de que o roubo tinha um fim específico.

Embora pareça inusitado para alguns, o mercado em torno de itens de Cards Pokémon está em alta desde abril, o que tem gerado preços extremamente altos para as cartas usadas em jogos.

Cards de Pokémon. (Imagem: Jason Koebler)

Já no caso da LEGO, o interesse é ainda mais fechado e aumenta conforme o tempo passar. Isto porque a empresa fabrica itens de coleção por apenas dois anos, e após isso, os itens só podem ser conseguidos por em segunda mão, e quem tem, cada vez mais, vende por um valor muito caro, chegando a milhares de dólares.

Um porta-voz da Lego disse que a empresa “está ciente dos relatos” e aconselhou todos a perguntarem sobre a procedência destes itens e avisarem a polícia sempre que desconfiarem de algo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar