Publicidade
Procura-se

PROCURADO: Hacker de GTA 6 está na mira do FBI

Seria até interessante se isto fosse um marketing para o novo GTA 6, mas infelizmente não é.
Gostou? Compartilhe!
GTA FBI
(Imagem: Divulgação/Observatório de Games)
Publicidade

O vazamento sem precedentes de Grand Theft Auto 6 está agora sob investigação do FBI e tem como alvo o hacker que reivindicou a responsabilidade. Mais de 90 vídeos de gameplays e capturas de tela do GTA 6 chegaram online no último fim de semana, principalmente através dos GTAForums, que acabaram sendo removidos.

As imagens mostradas nesses vazamentos estão alinhadas com artigos anteriores em torno do próximo jogo da Rockstar Games, que se diz apresentar uma dupla jogável inspirada em Bonnie e Clyde e ser ambientada em Vice City. Com mais de uma hora de filmagens de gameplay do desenvolvedor espalhadas por 90 vídeos diferentes, o vazamento de GTA 6 é um dos maiores vazamentos da história da indústria de videogames.

Em 18 de setembro, um arquivo .zip contendo todo o material foi postado pela primeira vez no GTAForums por um usuário que se autodenomina “teapotuberhacker“, que alegou ser responsável pelo hack e que poderia vazar mais dados, incluindo código-fonte e ativos. No dia seguinte, a Rockstar Games verificou o vazamento do GTA 6 e expressou sua extrema decepção com a situação, mas afirmou que o desenvolvimento continuaria inalterado.

Continua depois da Publicidade

Algumas das informações mais significativas que saíram do vazamento incluíram a confirmação de protagonistas masculinos e femininos, bem como um retorno ao cenário de Vice City. Conforme relatado pela Eurogamer, o ataque cibernético que resultou no vazamento do GTA 6 chamou a atenção das autoridades.

O FBI agora está investigando o hacker que alegou ser responsável pela invasão de rede na Rockstar Games e outro grande hack na empresa Uber. De acordo com uma postagem no blog do Uber, acredita-se que o vazamento de vídeo do GTA 6 e a violação dos sistemas da dona do aplicativo para motoristas tenham sido perpetrados pelo mesmo hacker.

A empresa diz que agora está trabalhando em estreita colaboração com o FBI e o Departamento de Justiça dos EUA para rastrear o hacker e sua organização.

Vazamentos de GTA 6 podem ter sido cometidos por um grupo de hackers

Vários relatórios (incluindo os do próprio Uber) indicaram que o vazador do GTA 6 é afiliado ao coletivo de hackers conhecido como Lapsus$. O grupo cometeu vários ataques cibernéticos diferentes a grandes empresas de tecnologia ao longo do ano passado, aparentemente visando notoriedade em vez de ganhos financeiros.

Em março de 2022, Lapsus$ roubou o código-fonte da Samsung depois de hackear a Nvidia apenas alguns dias antes. Um punhado de membros do grupo acabou sendo preso como resultado, variando de 16 a 21 anos. No entanto, é evidente que a organização ainda está ativa.

Apesar da riqueza de informações sobre a jogabilidade, personagens e história do GTA 6 e a tempestade de novas especulações resultantes do hack, vazamentos como esse fazem um sério desserviço aos desenvolvedores de qualquer jogo.

Ter seu trabalho inacabado exposto e julgado muito antes de estar pronto é profundamente injusto, mesmo para um dos títulos mais esperados da indústria. A Rockstar prometeu mais informações sobre Grand Theft Auto 6 em um futuro não muito distante, o que é todos sabem que irá acontecer.

Vale lembrar que as empresas só soltam informações a respeito de seu produto, quando estão confortáveis com o que irão mostrar e que realmente gere impacto na comunidade.

Via: Screen Rant/Eurogamer/Rockstar Games/Uber

CONTEÚDO RELACIONADO