Propaganda russa diz que assassinos nazistas eram jogadores de The Sims 3

A história é tão doida que nem dá pra resumir nesse intertítulo

Publicado em 26/04/2022 19:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última segunda-feira (25), o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) divulgou uma série de fotos mostrando os supostos pertences de um grupo de ‘assassinos nazistas’ que planejavam assassinar o apresentador de TV russo Vladimir Solovyov. No meio desses pertences, havia até uma cópia de The Sims 3 e algumas expansões.

Publicadas por Francis Scarr, da BBC, as fotos mostram diversas coisas convenientes para um grupo secreto e treinado de assassinos nazistas, como uma foto de Hitler colada em um alto-falante de PC, patches Totenkopf e uma camiseta vermelha com uma suástica enorme na frente. MUITO DISCRETO!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outros itens apreendidos, segundo Scarr, incluíam ‘um IED, oito coquetéis Molotov, seis pistolas Makarov, uma espingarda de cano serrado, uma granada, mais de 1000 cartuchos de munição, drogas, passaportes ucranianos falsificados e ‘literatura e parafernália nacionalistas’. E claro, a cópia já mencionada de The Sims 3 com suas expansões.

Agora a pergunta é: por que destacar o jogo de simulação em uma foto dedicada a mostrar a sujeira nazista e instrumentos de terrorismo? Eis aqui uma explicação comum e bem provável:

Será mesmo que ‘os oficiais russos que organizaram isso foram instruídos a ter alguns sims, tipo cartão SIM, nas fotos e entendendo mal, eles adicionaram o Sims 3?’ Brincadeiras à parte, as fotos foram uma tentativa das autoridades russas de culpar o grupo de seis suspeitos de terrorismo por um complô para matar Vladimir Solovyov, apresentador de TV chamado de ‘propagandista’ em sua página da Wikipedia.

Foi alegado ainda que esses seis terroristas, quando não estavam jogando The Sims 3, planejavam realizar o assassinato com um carro-bomba. Mais tarde, naquela noite, Solovyov usou seu programa de TV para alegar que os ‘nazistas’ haviam sido enviados pelo presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, ex-comediante.

No fim das contas, sobrou pra Maxis e a franquia de bonequinhos pecualires.

Via: Luke Plunkett/Kotaku
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar