LBFF
Imagem: Divulgação.

Já estão definidos os atletas que jogarão a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) 4, que estreia no próximo sábado (23), a partir das 13h, com transmissão no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, e na Loading, canal de cultura e entretenimento na TV aberta.

Assim como em outros esportes, o início de temporada do Free Fire também teve sua janela de transferências, agitada e recheada de reviravoltas que esquentaram o cenário do Battle Royale mais baixado no mundo.

Veja as principais mudanças no elenco dos times

Maior novidade e surpresa da etapa, a Fluxo é a organização criada por dois dos maiores nomes do cenário nacional do Free Fire: Lucio “Cerol” e Bruno “Nobru”. Comandados pelo atual melhor do mundo, o elenco ainda conta com JapaBKR e GODKILL, também conhecidos da galera. Junta-se a eles também uma das revelações do cenário: Felipe “F4K”.

A SS eSports, campeã da LBFF 3, promoveu uma grande reformulação no elenco. Além de perder seu principal jogador – Cauan, que é o novo craque da LOUD -, a equipe também negociou outros membros, optando por apostar em alguns novatos, tal qual aconteceu no ano passado.

Campeão Brasileiro da Free Fire Pro League 3 e do mundial, Free Fire World Series, em 2019, o Corinthians Free Fire está bem diferente daqueles tempos, mas quer retomar as conquistas. Para isso, fez uma boa reformulação em seu elenco e trouxe nomes importantes como VgzinnN, ousado, Razure e Kied.

Indo na contramão de outras equipes, a Team Liquid segue o ditado “não se mexe em time que está ganhando” e faz poucas mudanças no elenco. Após ir muito bem na LBFF 3 e conseguir o 3º lugar, a cavalaria preferiu manter a base e ir atrás de uma contratação pontual – e que contratação! Trata-se de MVR, destaque absoluto do Santos em 2020.