Jogador de Pokémon GO relata um encontro assustador em PokéStop

Um jogador de Pokémon GO compartilhou um encontro assustador que aconteceu ao tentar escanear um PokéStop em um local público.

Publicado em 15/12/2021 15:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um jogador de Pokémon GO compartilhou sua história perturbadora de um encontro em um PokéStop que o deixou sem querer escanear PokéStops nunca mais. O jogo gratuito para celular dá aos jogadores a tarefa de explorar seus arredores do mundo real enquanto usam a tecnologia de Realidade Aumentada (RA ou em inglês AR) para capturar os monstrinhos, com o desenvolvedor do jogo, Niantic, frequentemente lembrando os usuários de estarem atentos ao ambiente.

A varredura de PokéStops no Pokémon GO pode resultar em uma variedade de recompensas para os jogadores, incluindo itens, encontros com Pokémon e muito mais. Enquanto jogam Pokémon GO, os jogadores podem girar um PokéStop encontrado no mapa e, ocasionalmente, podem receber tarefas de mapeamento RA que os enviam para um PokéStop diferente nas proximidades.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Niantic recentemente introduziu um novo recurso focado em Stop para o jogo, adicionando a capacidade dos jogadores de escanear certos ginásios e Stops repetidamente e completar tarefas de mapeamento RA para aumentar PokéStops. O processo de escanear PokéStops pode ser longo, mas as recompensas geralmente valem a pena, com algumas melhores e mais raras, como Rare Candy, disponíveis nos recém-anunciados Pokémon GO’s Powered-Up PokéStops.

Uma brincadeira nada agradável

Apesar das recompensas associadas a PokéStops, buscar recompensas Pokémon GO em público às vezes pode resultar em situações estranhas ou assustadoras, como o usuário do Reddit, p4755166, pode atestar. O usuário explicou que ao tentar escanear um PokéStop em um parque, e que viu um grupo de pessoas, provavelmente 11 ou mais, sendo que uma mulher começou a gritar com ele dizendo: “desligue a webcam que podemos ver nos filmando”. Ele afirmou que não disse nada e se afastou, mas a mulher puxou o celular e fez uma foto do usuário e disse “Estou postando você no grupo do Facebook da cidade”.

Após essa experiência, o usuário afirmou que iria mais se arriscar a fazer vídeos de PokéStops novamente, mesmo que não houvesse ninguém por perto. Como deu para perceber, existe um certo problema com o jogo, pois a principal mecânica de Pokémon Go é a captura dos monstrinhos. Vários jogadores já criticaram a obrigatoriedade de ter que fazer vídeos das áreas e sugeriram apenas o uso de fotos.

Para este tipo de situação, o que mais se comenta e sugere é que ao fazer o vídeo, o usuário fique olhando para baixo ao caminhar, ou apenas balançar o telefone para frente e para trás. Ou até mesmo dizer em alto e bom tom que está jogando Pokémon Go. De qualquer forma é uma situação chata em uma época complicada onde algumas pessoas tóxicas fazem vídeo e fotos de outras para certas atividades um tanto discutíveis.

Via: Reddit/Game Rant
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Produtos recomendados

HD EXTERNO

Comprar

CONTROLES

Comprar

CONSOLES

Comprar

ACESSÓRIOS

Comprar

CADEIRA GAMER

Comprar

HEADSET

Comprar