Publicidade
Falta de peças

Nintendo Switch pode ter dificuldades de vendas nos próximos meses

Espera-se que as vendas do Nintendo Switch diminuam em 10% devido a problemas na cadeia de suprimentos
Gostou? Compartilhe!
Nintendo Switch alerta
(Imagem: Divulgação)
Publicidade

O revolucionário console híbrido e portátil, Nintendo Switch, ainda está em alta demanda desde seu lançamento em 2017, mas agora espera-se um ligeiro declínio nas vendas. De acordo com o Nikkei Asia, uma “escassez de semicondutores” e “interrupções nas redes de logística” são os culpados pela queda esperada de 10% nas vendas do Nintendo Switch do ano passado.

Os problemas da cadeia de suprimentos global ainda estão causando atrasos na fabricação de muitas indústrias diferentes em todo o mundo, e a indústria de videogames não é exceção. A Nintendo, juntamente com outras grandes empresas de videogames, está enfrentando dificuldades com a produção de hardware para atender à demanda de fãs ansiosos que desejam colocar as mãos nos mais novos e melhores consoles de jogos do mercado.

Com títulos AAA massivos como Xenoblade Chronicles 3 chegando ainda este ano e a sequência altamente antecipada de The Legend of Zelda: Breath of the Wild a ser lanaçado em 2023, espera-se que a demanda pelo Nintendo Switch seja maior do que nunca nos próximos doze meses. Uma queda de 10% nas vendas não parece um fator substancial para uma grande corporação como a Nintendo, mas esse número não conta toda a história sobre os efeitos duradouros da cadeia de suprimentos na fabricação de videogames.

Continua depois da Publicidade

A Nintendo espera vender 20 milhões de consoles Switch em 2022, o que representa uma redução total de 30% em relação às mais de 28 milhões de unidades que a empresa vendeu em 2020. Claro, o mundo dos videogames nunca foi mais digital do que agora. Lojas de jogos online, conteúdo para download, multiplayer online e uma infinidade de outros recursos digitais e online tornam muito mais fácil para empresas como a Nintendo compensar as baixas vendas de hardware com maiores vendas de software.

A big N certamente aproveitará diferentes tipos de vendas, estratégias de marketing e promoções no próximo ano para compensar a perda nas vendas do console Switch. Recessões, escassez na cadeia de suprimentos e muitos outros problemas vieram e foram, mas grandes empresas de videogames como a Nintendo resistiram e prosperaram em tudo.

A indústria de videogames é única, pois não depende muito das vendas de hardware para se manter à tona, portanto, os problemas da cadeia de suprimentos deste ano também podem ser um mero obstáculo na estrada.

É verdade que os fãs ficarão chateados com o fato da fabricação da Nintendo não conseguir acompanhar a demanda por consoles Switch, mas os problemas da cadeia de suprimentos não durarão para sempre, e uma queda esperada de 10% nas vendas não deve ser muito duradoura.

Via: Game Rant/Nintendo Life

CONTEÚDO RELACIONADO