Rússia vs Ucrânia: Vendas da Nintendo eShop são suspensas para os russos

As vendas da Nintendo Eshop estão sendo inexplicavelmente suspensas na Rússia devido ao serviço de pagamento não processar mais pagamentos em rublos.

Super Mario Maker
Publicidade

A Nintendo eShop é uma das maneiras mais fáceis e convenientes de adquirir novos jogos da Nintendo e funciona como uma sólida infraestrutura digital para consoles recentes como o Nintendo Switch. Quando a eShop cai, os jogadores de todo o mundo são afetados, o que pode fazer com que a Nintendo eShop seja uma demonstração de poder.

Recentemente, parece que todas as vendas da Nintendo eShop foram suspensas na Rússia, fato que pode estar ligado à invasão em curso da Ucrânia. Vários usuários relataram que a versão russa da Nintendo eShop não está processando pagamentos no momento. Embora isso possa ser menos explicitamente uma reação ao ataque russo à Ucrânia do que a decisão da Microsoft de suspender todas as vendas na Rússia, alguns ainda suspeitam de uma conexão.

De acordo com uma página de suporte no site Nintendo.ru, a Nintendo confirmou que o serviço de pagamento usado pela eShop russa não está funcionando. Uma tradução automática do Google da declaração em questão declara que o serviço de pagamento suspendeu o processamento de todos os pagamentos feitos em rublos. Como resultado, a Nintendo eShop russa foi colocada em modo de manutenção para lidar com o serviço de pagamento não funcional.

Continua depois da publicidade

Como isso está acontecendo pouco antes das versões Wii U e 3DS da Nintendo eShop serem fechadas para sempre, os fãs russos da Nintendo podem ficar bastante frustrados com essa reviravolta. Alguém pode estar inclinado a suspeitar que a Nintendo se juntou à lista de empresas de jogos que se movem contra a Rússia por sua invasão na Ucrânia.

A lista de empresas agora inclui Remedy de Max Payne, CD Projekt Red e GSC Game World, com sede em Kiev, desenvolvedora que trabalha em STALKER 2: Heart of Chernobyl. Até a The Pokemon Company, marca responsável por uma das maiores franquias da Nintendo, divulgou um comunicado declarando seu apoio à Ucrânia e doou para uma instituição de caridade de ajuda humanitária. Clique aqui para conferir estas e outras matérias a respeito.

Faria sentido que isso fosse um anúncio de que a Nintendo agora está se juntando ao grupo de empresas de jogos que restringem as vendas na Rússia. No entanto, a declaração no site russo da Nintendo eShop parece ser bastante neutra no fraseado. Isso deixa ambíguo se a Nintendo está por trás da suspensão das vendas ou se a loja digital foi forçada a fechar efetivamente por causa de um provedor de serviços de pagamento terceirizado na região.

Seja qual for o caso, parece que – como muitos outros pontos de venda de videogames na Rússia – a Nintendo eShop russa está atualmente fechada e pode ser por algum tempo.

Via: Game Rant/Nintendo.ru

Publicidade
© 2022 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade