Pokémons Oreo podem ser comprados por valores insanamente caros

A colaboração Pokémon e Oreo parece estar seguindo a trajetória do TCG com preços disparados dos itens colecionáveis mais raros.

Pokemon Oreo
Publicidade

A coleção de Pokémon tem sido um dos lançamentos transmídia mais interessantes da série desde seu início com o slogan tenho que pegar todos sendo sinônimo da marca Pokémon. A mais nova parceria dos monstrinos é com a Oreo, sim, aquela das bolachas, biscoitos, seja lá como você chama em seu estado. É algo muito legal que as duas empresas estão produzindo.

São 16 designs exclusivos de Pokémon de chocolate Oreo edição limitada. Segundo o site, da Oreo, “esteja ciente de que alguns Pokémon são mais difíceis de encontrar do que outros”. Existe uma variedade aleatória de designs de Pokémon em cada pacote, e cada um deles você tem uma chance de encontrar todos os 16, incluindo um Pokémon Mítico super raro. Além disso, o recipiente que pode ser fechado novamente com aba fácil de puxar mantém esses cookies de chocolate frescos e é perfeito para lanchar, compartilhar ou viajar durante sua pesquisa.

Lógico que já deu uma vontade daquelas de conseguir o seu, não é? Pois bem, sabendo disso e o quanto é complicado conseguir todos os 16 Pokémon e inclusive os lendários, algumas pessoas já começaram a se aproveitar e a revender online alguns pacotes com o Mew, com um valor completamente absurdo de caro, como dá para ver na imagem abaixo.

Continua depois da publicidade

Os preçso dos Pokémon raros da Oreo variam muito, onde por exemplo do Mew, custam US $ 1.000! Mesmo que o Pokémon seja raro, ele é apenas um dos outros 15 favoritos dos fãs. Portanto, já dá para imaginar o valor a que isso pode chegar em breve. Os outros incluídos no pacote são: Pikachu, Jigglypuff, Dratini, Squirtle, Bulbasaur, Charmander, Lapras, Cyndaquil, Piplup, Rowlet, Pancham, Snivy, Sableye, Sandshrew e Grookey.

E vocês, pagariam esse valor por um Oreo do Pokémon? Deixe abaixo nos comentários.

Publicidade
© 2021 Observatório de Games | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade