Phil Spencer
Imagem: Reprodução

Phil Spencer, chefe do Xbox, comentou em dezembro a sua opinião sobre o VR, sugerindo que era um nicho muito pequeno da indústria e que os clientes simplesmente não estavam pedindo games para a plataforma.

Em uma nova entrevista, ele adotou desta vez um tom mais suave, esclarecendo que sua equipe simplesmente não está focada em VR no momento.

“Eu provavelmente exagerei”, disse Spencer no podcast Gamertag Radio. “Para as pessoas que amam a realidade virtual e as experiências que estão sendo construídas, não há desrespeito a nenhuma das equipes de lá. Meu ponto principal era que eu queria ser claro com nossos clientes sobre onde estava o nosso foco. Eu estava apenas tentando dizer que não faremos isso”, complementou.

Spance continuou explicando que levar a realidade virtual para os consoles “não é tão simples quanto conectar um fone de ouvido”, já que a interface do usuário especializada do precisa ser adaptada para uma interface de realidade virtual. “Nosso recurso mais precioso é a equipe e sua capacidade. Só preciso me concentrar nas coisas que estamos fazendo agora”, comentou.

Spencer também explicou que VR está intimamente associada aos computadores e, portanto, a empresa ainda mantém um olho atento ao movimento da indústria e ao progresso em direção à adoção da plataforma.

No momento, Phil Spencer parece estar concentrando seus esforços no Xbox Series X, que pode estar ligado aos seus serviços de jogos na nuvem. O que levou o chefe a dizer recentemente que os principais concorrentes da Microsoft são a Amazon e a Google, em vez dos tradicionais Sony e Nintendo.