PUBG Mobile
Imagem: Divulgação

A partir de hoje (28) o time de Playerunknown’s Battlegrounds (PUBG) da RED Canids Kalunga começa a disputa pelo título da Global Loot League Season 4 (GLL), torneio internacional cuja etapa final acontece em Estocolmo, na Suécia, e reúne outras 15 equipes de diferentes continentes.

A Matilha garantiu a vaga nas finais da GLL após conquistar o qualificatório fechado latino-americano no começo deste mês, com um total de 186 pontos, 43 à frente do segundo colocado. A GLL vai até 1 de março e dará uma premiação total de US$150 mil. A line-up que vai disputar o título da GLL é formada por Alan ‘Rustyzera’ Alves, Andrey ‘And1FPS’ Henrique, Victor ‘Raspu’ Oliveira e Wellington “Killdem0” Rambo.

“Nosso time tem disputado os principais campeonatos internacionais de PUBG e realizado boas campanhas. Já somos considerados uma potência não apenas no Brasil mas em toda a América do Sul e agora queremos figurar entre os melhores do mundo”, disse Vicenzzo Mandetta, eSport manager da RED Canids Kalunga.

Sobre a RED Canids Kalunga

Criada em 2015, inicialmente como RED Canids e apenas para disputar o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), em janeiro de 2016 a organização de eSports foi adquirida por Felippe Corradini, empresário e organizador de eventos do setor, e iniciou a ascensão para se tornar um dos clubes mais fortes e organizados do Brasil, atualmente com 8 times disputando os principais campeonatos de LoL, CS:GO, Free Fire, Fortnite, PUBG, PUBG Mobile e World of Warcraf. Com patrocínio da Kalunga desde maio de 2018, quando passou a se chamar RED Canids Kalunga, da AXE, AOC, GigaPro, HyperX, Live Arena, Uninter e Warrior, tem uma gaming house na V. Mariana, em São Paulo, com dois estúdios para streamers e toda infraestrutura necessária para o treinamento e bem estar dos atletas, e uma loja virtual (https://www.loja.redcanids.com.br/) onde são vendidos roupas e acessórios da marca.