E3 leak
Imagem: Divulgação.

Contrariando expectativas, a E3 desse ano não vai improvisar uma experiência online para divulgar as atrações de seus expositores. A informação foi dada pela ESA – Entertainment Software Association, que afirma que a edição está totalmente cancelada, ficando assim a cargo de cada marca divulgar suas novidades por outro meio.

Cancelada de forma abrupta por conta do avanço do COVID-19 nos EUA, a realização de uma edição online circulou com alguma força pelos bastidores do evento. Contudo, parece que os desafios em torno disso acabaram pesando para a escolha do cancelamento geral da E3 em 2020.

Dada a interrupção provocada pela pandemia do COVID-19, não apresentaremos um evento online da E3 2020 em junho“, disse um representante da ESA à PC Gamer. “Em vez disso, trabalharemos com expositores para promover e exibir anúncios de empresas individuais, inclusive no www.E3expo.com, nos próximos meses. Estamos ansiosos para reunir nossa indústria e comunidade em 2021 para apresentar uma E3 reimaginada que destacará novas ofertas e emocionará nosso público.

Assim, diante do buraco no calendário, as empresas já estão realizando eventos online para divulgarem seus respectivos lançamentos e demais novidades.

Em contrapartida, se a E3 desse ano já está totalmente descartada, a de 2021 já tem data pra ocorrer: 15 de junho de 2021.

Relembre o cancelamento de 2020

Na época do cancelamento, a confirmação não foi, de fato, nenhuma surpresa. A cidade de Los Angeles já tinha entrado em estado de emergência a menos de uma semana, e apesar da Entertainment Software Association garantir que a E3 iria acontecer de qualquer jeito, era improvável que muitas empresas iriam comparecer ao evento.

Confira a declaração oficial da E3

“Após uma consulta cuidadosa com nossas empresas associadas sobre a saúde e a segurança de todos em nossa indústria – nossos fãs, nossos funcionários, nossos expositores e nossos parceiros E3 de longa data – tomamos a difícil decisão de cancelar o E3 2020, programado para 9 de junho -11 em Los Angeles ”, afirmou a ESA em comunicado.