Publicidade
CONFIRA

A NVIDIA revelou que a receita proveniente de servidores foi 10 vezes maior do que a gerada pelo segmento de games

A receita da NVIDIA com servidores foi 10 vezes superior à obtida pela divisão de games, e a empresa promete expandir ainda mais nesse setor
Gostou? Compartilhe!
Nvidia GeForce
Imagem: Divulgação
Publicidade

Com a divulgação do relatório financeiro do primeiro trimestre de 2025 da NVIDIA, foi revelado pela empresa que sua divisão de servidores registrou um faturamento dez vezes superior ao obtido com seus projetos de jogos.

Nos últimos três meses, a receita alcançada foi de $22,6 bilhões, representando um aumento de 23% em comparação ao trimestre anterior e um crescimento impressionante de 427% em relação ao mesmo período do ano passado. Em contrapartida, o faturamento com jogos foi de $2,6 bilhões, apresentando uma queda de 8% em relação ao trimestre anterior, mas ainda 18% superior ao valor de 2023.

Jensen Huang, CEO da NVIDIA, afirma que o crescimento na divisão de servidores é apenas o começo, e ele prevê números ainda mais expressivos no futuro. Huang destaca que a empresa está bem posicionada para continuar sua trajetória de expansão nesse setor.

Continua depois da Publicidade

O desempenho robusto da divisão de servidores sublinha a mudança de foco da NVIDIA, que está se consolidando cada vez mais como líder em tecnologias de data center, ao mesmo tempo que mantém uma presença significativa no mercado de jogos.

A próxima revolução industrial começou – empresas e países estão fechando parceria com a NVIDIA para mudar seus tradicionais data centers de trilhões de dólares para computação acelerada e construir um novo tipo de servidor: fábricas de IAs – para produzir uma nova comodidade, a inteligência artificial. Ela trará ganhos significativos de produtividade para cada setor da indústria e ajudarão as empresas a terem um custo-benefício eficiente enquanto expandem as oportunidades de aumentar suas receitas

NVIDIA e MediaTek
CRÉDITOS: Nvidia

Para impulsionar ainda mais esse mercado, a NVIDIA inaugurou sua primeira “fábrica de IAs” em parceria com a Dell. Essa iniciativa assegura que qualquer empresa que busque suas soluções terá a demanda de hardware atendida para desenvolver inteligências artificiais de alto desempenho. Além disso, a empresa promete aprimorar ainda mais os serviços nesse setor.

Jensen Huang, CEO da NVIDIA, destaca a importância das inteligências artificiais para o impressionante crescimento da receita observado. Ele acredita que os projetos relacionados a essa tecnologia estão impactando diversas áreas, contribuindo significativamente para os resultados financeiros da empresa.

O futuro da NVIDIA parece promissor, com a empresa consolidando sua posição de liderança no mercado de data centers e tecnologias de inteligência artificial. Huang afirma que este é apenas o começo e que números ainda mais expressivos podem ser esperados nos próximos períodos.

Com essa estratégia, a NVIDIA não apenas reforça seu compromisso com a inovação, mas também garante que continuará a ser uma força dominante no setor de tecnologia, atendendo às crescentes demandas por soluções de IA de alta performance.

Nosso crescimento em data center foi impulsionado pela forte demanda e aceleração de treinamento das IAs generativas e inferência da plataforma Hopper. Além de provedores de serviço de nuvem, a IA generativa expandiu para consumidores como empresas de internet e clientes corporativos, assim como IAs soberanas que estão no setor automotivo e de saúde, criando múltiplos mercados verticais multibilionários” Jensen Huang

Para concluir, o CEO da NVIDIA também compartilhou mais detalhes sobre o futuro da empresa no mercado de servidores.

“Já estamos posicionados para nossa próxima onda de crescimento. A plataforma Blackwell já está em total produção e formará a base para uma escala de trilhões de parâmetros para a IA generativa. Spectrum-X abre um novo mercado para nós, trazendo IAs de grande escala para servidores Ethernet. E NVIDIA NIM é nosso novo software que oferece a nível corporativo uma otimização em IA generativa par rodar em CUDA em qualquer lugar – da nuvem para data centers físicos e RTX AI PCs – através de nossa rede expansiva de parceiros dentro do ecossistema”

CONTEÚDO RELACIONADO