Publicidade
CONFIRA

A protagonista de ‘Furiosa – Uma Saga Mad Max’ tem apenas 30 falas ao longo do filme

O novo filme da saga irá seguir os seus antecessores
Gostou? Compartilhe!
Furiosa - Mad Max
Imagem: Divulgação
Publicidade

Furiosa – Uma Saga Mad Max chega às telonas em breve, no dia 23 de maio, como uma prequela do aclamado filme Mad Max: Estrada da Fúria, lançado em 2015. Segundo o Variety, a protagonista de Furiosa – Uma Saga Mad Max, interpretada por Anya Taylor-Joy, terá um papel bastante silencioso, com apenas 30 linhas de diálogo.

Isso não deve surpreender os fãs da saga, já que tanto Tom Hardy quanto Mel Gibson, em papéis anteriores, também tinham poucas falas. Com a prequela abrangendo 15 anos da vida de Furiosa e uma duração de duas horas e 28 minutos, há muito espaço para o silêncio, mas o diretor George Miller tem suas razões. Segundo ele, “O problema com o diálogo é que ele tende a diminuir o ritmo, e o filme é um meio que geralmente é melhor aproveitado em alta velocidade”.

Anya Taylor-Joy revelou que passou “meses” no set do filme sem pronunciar uma única linha de diálogo, descrevendo a experiência como solitária e desafiadora. Ela acrescentou: “Não quero entrar em detalhes, mas tudo o que pensei que seria fácil foi difícil“. Para aqueles preocupados com a possível falta de ação, Furiosa reserva uma cena de 15 minutos que exigiu 200 dublês e 78 dias de filmagem, sendo um momento crucial para a personagem de Taylor-Joy.

Continua depois da Publicidade

A saga de filmes ainda possuem um jogo de ação e aventura lançado em 2015 pela desenvolvedora Avalanche Studios e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment. Em seu enredo,
o jogo se passa em um vasto deserto pós-apocalíptico, onde o jogador assume o papel de Max Rockatansky, um ex-policial que busca vingança após ter seu carro roubado e ser deixado para morrer por uma gangue liderada por Scabrous Scrotus, filho do antagonista principal Immortan Joe do filme “Mad Max: Estrada da Fúria”. Max se une a um mecânico chamado Chumbucket, que acredita que Max é um lendário “Vagante da Estrada” destinado a construir o carro perfeito, conhecido como Magnum Opus.

CONTEÚDO RELACIONADO