Publicidade
ENTENDA

A próxima versão do Windows 11, conhecida como 24H2, incluirá a ativação automática da criptografia BitLocker para todos os usuários

Aprimoramentos de segurança foram implementados na última atualização do Windows 11, visando proteger todos os usuários do sistema operacional
Gostou? Compartilhe!
Windows 11
Imagem: Divulgação
Publicidade

O portal Deskmodder divulgou dados que indicam uma atualização significativa para o Windows 11 na versão 24H2 pela Microsoft. O aprimoramento da segurança digital será realizado através da ativação automática da criptografia BitLocker durante a instalação do sistema operacional.

Uma alteração crucial é que agora a criptografia não será exclusiva dos usuários da versão Pro. No entanto, para dispositivos com Windows 11 Home, a ativação do BitLocker só ocorrerá se o fabricante do dispositivo tiver configurado a criptografia no UEFI. Portanto, é fundamental estar atento a certos detalhes para não supor uma proteção total. Isso implica que computadores montados pelos próprios usuários (DIY) com Windows 11 Home provavelmente não serão impactados pela nova configuração.

Para todas as versões do Windows 11 com BitLocker, a ativação ou reativação da criptografia será automatizada durante reinstalações, a partir da versão 24H2, abrangendo tanto instalações limpas quanto atualizações. Uma notícia positiva para os usuários é a amplitude da segurança proporcionada pelo recurso. Durante a reinstalação, não apenas o disco C: será criptografado, mas também todos os outros discos conectados ao computador. É essencial realizar backup dos arquivos.

Continua depois da Publicidade

A ferramenta BitLocker é vital para proteger informações valiosas em dispositivos, no entanto, a Microsoft adverte sobre o risco de perda de dados caso os usuários não estejam cientes da ativação da criptografia durante a reinstalação. Este ponto é crucial para todos os que pretendem reinstalar o dispositivo. Problemas relacionados ao armazenamento em dispositivos com BitLocker ativado podem resultar na perda de acesso aos conteúdos dos discos.

É fundamental que os usuários façam backup da chave de criptografia do BitLocker, especialmente aqueles que ativam manualmente a função nas versões Pro do Windows 11 e 10, para evitar esse tipo de situação. A Microsoft destaca a importância de manter uma cópia de segurança da chave para garantir o acesso aos dados.

Fonte: Tomshardware

CONTEÚDO RELACIONADO