Publicidade
VEJA

AMD lança processadores Ryzen AI 300 para PCs com Copilot+

A linha Ryzen AI 300 inicia apenas com dois modelos de ponta, apresentando núcleos Zen 5, gráficos RDNA 3.5 e NPU XDNA 2
Gostou? Compartilhe!
AMD
Imagem: Divulgação
Publicidade

Os processadores AMD Strix Point foram oficialmente revelados com a nova nomenclatura Ryzen AI 300. Essa nova série marca a introdução da arquitetura Zen 5, iGPU RDNA 3.5 e aceleradores de IA XDNA 2 em notebooks. Inicialmente, a AMD anunciou dois modelos de ponta: Ryzen AI 9 HX 370 e Ryzen AI 9 365.

O Ryzen AI 9 HX 370 vem equipado com 12 núcleos Zen 5 e Zen 5C, totalizando 24 threads, além de contar com a maior implementação de gráficos integrados, a Radeon 890M, que possui 16 unidades computacionais. Já o Ryzen AI 9 365 tem 10 núcleos, 20 threads e a Radeon 880M com 12 unidades computacionais. Ambos os modelos oferecem até 50 TOPS de desempenho em inteligência artificial, tornando-os compatíveis com o Copilot+ da Microsoft.

A AMD destaca o foco no máximo desempenho em IA com os novos Ryzen AI 300. A empresa garante que os notebooks equipados com esses processadores terão as “NPUs mais fortes do mundo para a próxima geração de AI PCs”, oferecendo cinco vezes mais capacidade de computação e o dobro de eficiência em comparação à geração anterior. Essa série é a única capaz de atingir até 50 TOPS, superando os CPUs mobile Qualcomm Snapdragon Elite X e Intel Lunar Lake.

Continua depois da Publicidade

Em termos de desempenho, o Ryzen AI 9 HX 370 oferece até 60% mais desempenho gráfico, 30% mais eficiência em multitarefa e 10% mais produtividade em comparação ao Snapdragon X Elite. Contra o Apple M3, esse processador é até 98% mais rápido em renderização 3D. No desempenho gráfico, a iGPU RDNA 3.5 do Ryzen AI 300 topo de linha proporciona até 36% mais performance em jogos em comparação ao Intel Core Ultra 9 185H, com um aumento de 47% em jogos como Cyberpunk 2077 em relação aos gráficos Intel Arc.

A AMD também explicou a nova nomenclatura, destacando a adição da sigla “AI” e a inversão das letras e números no final da nomenclatura, diferenciando-se do padrão anterior. A empresa promete lançar mais de 100 modelos de notebooks equipados com os Ryzen AI 300, de marcas como ACER, ASUS, HP, Lenovo e MSI, com disponibilidade prevista para começar em julho deste ano.

Via: Tom’s Hardware

CONTEÚDO RELACIONADO