Among Us Star Wars
Imagem: Montagem

De acordo com uma publicação via Twitch, parece que os desenvolvedores de Among Us, esperançosamente conseguiram acabar com alguns – mas não todos – os problemas de hacks mais irritantes do jogo. Among Us tem sido um dos títulos mais proeminentes nos últimos meses, ganhando várias brincadeiras criadas por fãs, mas infelizmente tem sofrido com os hackers.

Apesar de não haver recompensas por vencer e da falta de um cenário competitivo real, encontrar Impostores de verdade e não do game, se tornou uma ocorrência comum. Alguns hackers expulsaram jogadores imediatamente com um único voto, geraram cópias infinitas de si mesmos e outros simplesmente encerraram o jogo e se declararam vencedores. Mais recentemente, os hacks se tornaram mais elaborados, pois um destes foi capaz de forçar os jogadores a anunciar mecanismos de trapaça e espalhar mensagens pró-Trump, o que levou a InnerSloth a intervir e agir.

Em um tweet do programador Forest Willard da InnerSloth, duas ondas de atualizações anti-hack foram lançadas para combater os trolls e trapaceiros. A segunda onda teve como alvo específico o spam de bate-papo, junto com o despawn em massa, que fez com que todo o mapa parecesse totalmente escuro. “Estou ciente de alguns bugs, mas parece que foi muito eficaz”, disse Willard em um tweet de acompanhamento, mas especificou que “nem todos os hacks” foram bloqueados. Banir salas hackeadas “deve ser viável novamente”, o que deve ajudar a eliminar os lobbies mais problemáticos.

Ainda não se sabe se o hack de spam de bate-papo retornará novamente, mas dada a popularidade e acessibilidade do jogo, Among Us provavelmente continuará sendo o principal alvo dos hackers. Essas atualizações anti-hack vêm enquanto o jogo em si está sendo trabalhado e re-imaginado por desenvolvedores e fãs, incluindo um incrível remake de RV em primeira pessoa. Os planos para uma sequência foram abandonados em favor de focar no jogo atual, mas o progresso pode ser retardado enquanto os hackers continuarem a atrapalhar.

Fonte: InnerSloth/Twitter/Screenrant

Leia também: