Após sucesso em Tony Hawk’s, Charlie Brown Jr. revela desejo por outros jogos

Publicado em 5/2/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Games e música estão fervorosamente ligados, seja apenas uma trilha sonora ou som de alguma banda. Nessa quinta (04), durante entrevista para o Pseudo Canal, Marcos ‘Marcão’ Britto e Heitor ‘Heitorzinho’ Gomes, ambos músicos que fizeram história na banda Charlie Brown Jr, comentaram sobre quais jogos eletrônicos gostariam que o som da banda estivesse presente.

Questionado pelo Observatório de Games, o primeiro a dar sua visão foi Heitorzinho. E como já diria Champanhe e Água Benta, música do CBJR, “Meu esporte predileto é o mesmo do Romário”. Segundo o baixista, FIFA, famosa série de jogos de futebol publicada pela Eletronic Arts, seria um dos jogos interessantes para aplicar canções da banda.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Podia ter um Charlie Brown num FIFA, acho que tem a ver. A molecada se identifica muito com a música, até mesmo os boleiros”, inicia Heitorzinho. “O Cássio é roqueiro, Rogério Ceni é roqueiro. Então num FIFA, caberia rolar sim.

“E falando em problema”, na sequência, Marcão acabou apontando uma vibe mais frenética, porém clássica. De acordo com o guitarrista, um dos games no qual ele gostaria que estivesse uma das músicas do Charlie Brown, seria Final DOOM. Lendário jogo FPS que pode ser encontrado rodando até em teste de gravidez, hoje em dia.

Eu não sei se tem a ver muito o som da banda, mas um jogo que eu joguei muito foi o Final DOOM. Gostaria que tivesse um som do Charlie Brown, uma música mais porrada.

Adaptando ‘A Vida é um Desafio’ dos Racionais MC’s, “No esporte, no skate ou no FPS“, seria interessante ver que “os caras do Charlie Brown invadiram” outro game.

Leia também:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio