Assassins Creed: Valhalla | Diretor Criativo deixa o projeto e Ubisoft divulga nota sobre o caso

Publicado em 24/6/2020
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hoje (24) Ashraf Ismail, diretor criativo, revelou que não continuará no desenvolvimento do novo jogo da franquia Assassins Creed. Segundo o próprio, a decisão foi motivada por problemas pessoais que o afetaram severamente.

“Estou saindo do meu querido projeto para lidar adequadamente com os problemas pessoais de minha vida. As vidas da minha família e a minha estão destruídas. Lamento profundamente por todos que se machucaram com isso. Centenas de pessoas talentosas e apaixonadas que se esforçam para construir uma experiência para vocês. Desejo-lhes tudo de melhor”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o post a conta foi deletada.

A IGN norte-americana buscou entrar em contato com a Ubisoft afim de saber como isso impactaria o desenvolvimento do novo Assassin’s Creed, e se um diretor criativo substituto será anunciado em breve.

A empresa disponibilizou a seguinte declaração:

“Ashraf Ismail está deixando o projeto para tirar uma licença. A equipe de desenvolvimento está comprometida para entregar uma ótima jogabilidade em Assassin’s Creed Valhalla . ”, finalizou.

No último final de semana semana, diversas alegações de assédio sexual surgiram na indústria de jogos contra várias figuras, como desenvolvedores e streamers. Ismail, um deles, foi acusado de se envolver em casos extraconjugais e de não revelar ou ocultar seu estado civil.

Assassin’s Creed Valhalla tem lançamento previsto ainda para esse ano, saindo para PC, PlayStation 4 e 5, Xbox One e Series X.

Veja também:

https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/marvels-avengers-tera-importante-recurso-de-economia-para-ps5-e-xbox-series-x
https://observatoriodegames.uol.com.br/destaque/apex-legends-pode-receber-novo-modo-de-paintball
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio